Não existe lixo

Existe lixo ou não?

Eu vou provar-lhe que não existe lixo.

Há idéias simples, mas poderosas. Eu vou expor aqui uma dessas idéias,
mas fique claro de antemão que não sou eu o inventor da idéia, apenas estou
falando dela.

Antes de ir em frente é preciso convencê-l@ de que existem idéias
simples e poderosas
. E você conhece muitas dessas idéias, algumas apenas
você ouvi falar delas porque elas deixaram de existir dentro da nossa
tecnologia, por exemplo, você já ouviu falar de código Morse? Talvez sim e
possivelmente nem saiba exatamente o que é, se você tiver ai uns 20
anos…

O código Morse é uma dessas idéias simples que foi fundamental para
nossas telecomunicações no começo do século passado. É um código formado
de dois apitos, dois sinais, um longo e um curto.

Você deve estar rindo, e dizendo que já ouviu esta história, não seria
zero e um ?

Claro, o zero e um, é outro código, mais recente, que veiu depois. Talvez
influenciado pelo código Morse porque ele funcionava. Foi tão importante que
esteve por baixo dos telegramas (você já ouviu esta palavra?) sim, passavamos
telegramas do Japão para o Brasil, em segundos, usando código Morse. Os
návios se comunicavam no mar usando código Morse – usando o apito do navio.
De noite se usava o código Morse com olofotes fazendo sinais curtos ou longos
com luz.

Dando um salto de mais de cincoenta anos, hoje usando dois sinais, um curto
e um longo – zero e um, e o resultado é esta página que você está lendo que
feita somente com zeros e uns. Quem souber um pouquinho de
computação vai dizer que sou mentiroso, que tem outro código intermediário
entre 0,1 mas isto é outra história que não interessa aqui. Com zeros e uns
a gente codifica tudo que estiver num computador e depois envia pela Internet,
traduz com um programa na Internet para outra lingua e todo mundo entende o que
estamos pensando ou dizendo. E o programa também é feito de zeros e
uns

Tudo a base de 0,1.

E o lixo? será que também vou dizer que é feito de 0,1 ?

Não, não é bem assim. Apenas eu estava lhe mostrando, ou lembrando
(porque você já sabia) que existem idéias simples e poderosas. Agora quero
lhe mostrar que lixo é uma idéia simples e poderosa.

Com lixo você pode fazer uma ilha de plástico entulhando o oceano
pacífico e matando a vida animal no mar, ou possivelmente a volta de sua casa,
abra a janela e olhe à volta. Mas você não precisa ir tão longe, até o
Pacífico, abra a janela de sua casa e olhe à volta. Aqui e alí você pode
ver alguma sacola de plástico! Mesmo que ela esteja enfiada num container…

Podemos morrer afogados no lixo e você sabe disto, então o lixo é uma
idéia poderosa!

Mas idéias poderosas não existem para nos apavorar, e eu não estou aqui
querendo apavorá-l@. Muito pelo contrário, quero mostrar-lhe que o lixo é
importante e deve ser colocado ao nosso serviço, apenas temos que saber como e
passar a agir de forma diferente para usar esta idéia poderosa.

Na verdade aqui também eu não vou dizer muita coisa nova. Todo mundo já
conhece o sistema de reciclagem do lixo, separaçao do lixo em plástico,
vidro, papel e metais. Ou lixo químico, baterias, peças eletrônicas. Tudo
isto pode ser reciclado, mas custa dinheiro!

Quer dizer, quando você compra um aparelhinho novo na loja ele tem um
preço que você paga, satisfeito! Acabou de sair com um dispositivo novo que
você queria. Ou pão enrolado numa sacola plástica para evitar que se
contamine com bacterias, que outras pessoas peguem no pão que você vai comer.

Mas agora tem algumas consequências, lixo. E todos temos que pagar por este
lixo. Você, que comeu o pão deixando de lado a sacola plástica mas
produzindo os restos alimentares que você conhece, algumas horas depois,
também. Mas também o industrial que produziu o pão, ou o computador, ou a
bateria, eles produziram para ganhar dinheiro e viver. Você para comer o pão
e viver. Todos têm que pagar para reciclar o resultado desta produção.

Mas a gente vai reciclar não é para evitar a ilha de plástico no
Pacífico. Não, a gente vai reciclar porque é um material que se encontra
fácil à nossa disposição. Papel que vai evitar que cortemos novas árvores.
Pĺastico que pode reduzir o uso de petróleo para produzir novo plástico.
Chumbo, ferro, alumínio que se encontram à nossa disposição sem que seja
necessário ir buscá-lo nas minas. Mas infelizmente tudo misturado, como
também estão misturados lá nas minas.

A idéia simples por trás do lixo.

Nada de novo até agora! e onde está a idéia simples e poderosa?

Vou lhe contar agora! até porque você pode ter saltado alguns dos
parágrafos acima para chegar direto aqui no final para ver onde eu queria
chegar. E se pulou fez bem porque você já conhecia tudo que eu estava dizendo
então não precisava estar lendo e relendo assunto conhecido.

A idéia simples é o custo! Você quer que haja uma diferença substancial
entre o que você paga pelo novo dispositivo, ou pelo pão, e o que você vai
pagar para reciclar os restos, certo?

Bom, não tem nenhuma mágica. O único segredo é o que custo, dinheiro!
aqui esta a idéia simples. Dinheiro como tal não existe, é uma simples
convenção, é uma forma de dissimular o que é realmente importante que é
trabalho. Se você não quiser pagar com “dinheiro” então pague com trabalho.
É o seu trabalho para separar o lixo que irá tornar mais econômico para
você e irá criar aquela diferença, em dinheiro, entre o que você compra e
aquilo que você recicla. Se você não tomar parte ativa no processo de
reciclagem, então você será obrigado (nós todos seremos obrigados) a pagar
mais caro pela reciclagem e isto naturalmente vai se refletir mais adiante no
bolso de nós todos quando formos comprar a bateria ou o pão.

Esta é a idéia simples, tipo zero e uns. Você pode baixar o
custo da reciclagem agindo ativamente no processo procurando ser inventiv@ e
cuidados@ em todas as etapas de sua vida não deixando escapar nada sem deixar
cuidadosamente prepardo para ser reciclado e participar ativamente do processo
de educação das pessoas que estejam a sua volta para exigir, com boas
maneira, educadamente, que todos participem do processo de reciclagem que nos
pertence a todos. Ninguém pode ficar de fora.

Qual dos Bernouilli?

Vou te garantir acesso randômico ao meu coração
me fala, de tua alma, os mais constantes temas
E sairemos do amor demonstrando os teoremas
mas refinando, ficaremos sempre na mesma partição.

Não me canceles. Deixa que fique um resto.
Abicissas, mantissas, modos e módulos
uma ou duas raízes, um torus ou polos
do inverso do meu verso ficou ainda um sexto.

Euler gostava de séries, o meu caso é convergência,
sobretudo quando de te perder me sinto na iminência,
se for preciso encerrar-te numa integral, eu faço.

Posso ver valores próprios em teus olhos, no traço,
descobri um terno tensor no detemrinante calculado,
Qual dos Bernouilli não terminaria de ti enamorado?
TPP – 14 de Julho de 2001

war is peace

The are the words of the most recent Nobel Peace winner.

war is peace

Published on Monday, February 1, 2010 by Reuters
‘Peace Prize’ President Submits Largest War Budget Ever
Obama Seeks Record $708 Billion in Defense Budget

O presidente “Prêmio da Paz” solicita do Congress a
maior conta de guerra, 708 Bihões de Dólares é orçamento da Defesa para 2010.

President Barack Obama on Monday asked Congress to approve a record $708 billion in defense spending for fiscal year 2011, including a 3.4 percent increase in the Pentagon’s base budget and $159 billion to fund U.S. military missions in Iraq, Afghanistan and Pakistan.

Leia aqui (read here)