O grande vitorioso das eleições na Itália, o movimento Movimento Cinque Stelle (Movimento Cinco Estrelas). | Common Dreams

Movimento Cinque Stelle

viaBig Winner in Italian Election? The Five Star Movement | Common Dreams.

Publicado na terça-fera, 26 de fevereiro por Common Dreams

O grande vitorioso das eleições na Itália, o movimento Movimento Cinque Stelle (Movimento Cinco Estrelas).

O grande perdedor, a “dita” austeridade

Por Craig Brown, staff writer

Tradução Tarcisio Praciano-Pereira

Massive a grande manifestação na praça Duomo de Milão uma “Turné Tsunami” de Beppe Grillo, comediante que virou ativista politico, em Milão, Itália, em 19 de fevereiro de 2013. Grillo se auto descreve , simplesmente, como o portavoz ou “representante” do Movimento Cinque Stelle. (AP Photo/Alessandro Treves)

Os dois maiores partidos da Itália ficaram abestados ante os resultados eleitorais desta semana: o espetecular crescimento do movimento anti-establishment Movimento Cinque Stelle (Movimento das Cinco Estrelas).

O resultado das eleições italianas ainda estão indefinidos, porém não há dúvida sobre quem é o grande vencedor: o comediante-transformado-ativista-politico Beppe Grillo e o movimento Movimento Cinque Stelle (Movimento das Cinco Estrelas – M5S).

Estge é o poster do movimento Movimento Cinque Stelle (Movimento das Cinco Estrelas – M5S). “Tour Tsunami“, do ano passado, quando o movimento quase não aparecia nos resultados das estatísticas eleitorais italianas. Agora o movimento Movimento Cinque Stelle , levou mais de 25% dos votos- superando os dois maiores partidos.

A palavra de ordem do Movimento Cinque Stelle contem uma mensagem contra-austeridade, contra-establishment que conseguiu galvanizar milhões de italianos. Os princípios do Movimento Cinque Stelle são:

  1. Água pública (contra privatisação da água)

  2. Transporte sustentável

  3. Desenvolvimento sustentável

  4. Internet livre e com acesso aberto

  5. Apoio ao Meio Ambiente

O grande perdedor, a “assim chamada” Austeridade. Reuters reportagem:

Nas eleições se verificou uma rejeição massissa das ditas políticas de austeridade aplicadas pelo Primeiro Ministro Mario Monti com apoio dos líderes internacionais Presidente Barack Obama dos Estados Unidos da America e chefe do estado alemão Angela Merkel, a Europa ficou aturdida.

A campanha do insurgente Grillo se fez praticamente sem dinheiro, tinha um staff formado de duas pessoas e um veículo de acampamento transportando Grillo pela Itália no que ele designava o “Tour Tsunami.”

As palavras simples, e ainda assim bem chamativas, do Movimento Cinque Stelle fizeram um bom uso das chamada “mídias sociais” com o que burlaram a necessidade de muito dinheiro para campanha. O site do M5S (Movimento Cinque Stelle) está aqui – e sua página no Facebook está aqui – e no Twitter aqui. O blog do Beppe Grillo (em inglês) está aqui.

Jamie Bartlett escrevendo para o The Guardian:

Política Social na Mídia de Beppe Grillo arrasou na Itália

“Os grande partidos tradicionais estão acabados! Eles não vão conseguir sobreviver por muito tempo”, anunciou Beppe Grillo no canal de televisão do Movimento Cinque Stelle na segunda-feira de noite. Há algum tempo que os cientistas políticos estão prevendo que a Internet conduziria ao declínio dos partidos políticos formais, e Beppe Grillo está a demonstrá-lo.

[…] ele tem cerca de duzentos e cincoenta mil seguidores que se consideram também membros do moviment: é um exército de voluntários que saem batendo de porta em porta e isto, anteriormente, levaria anos para construir. Os meios e a mensagem calharam como uma luva: a mídia é um impulso que se deve usar, ao mesmo tempo política tradicional é um cíclo fechado, muito em particular a representada pelas listas partidárias e a saída é simiples – eleja os membros na Internet.

Eis a razão como os seus comícios eleitorais foram os mais intensamente acompanhados comparados com os de todos os outros candidatos, e, um dado a parte, porque os levantamentos de opinião o perderam de vista: os seus eleitores foram exatamente aqueles que despresaram as pesquisa de opinião. O mesmo se passou na Alemanha com o Partido Pirata em recente eleição em Berliim em que as pesquisas de opinião estimaram muito por baixo o apoio que ele tinha junto à população. Moral da história, as companhias de pesquisa de opinião têm alguma coisa para começar a mudar!

Estas eleições foram um teste sobre a capacidade das mídias sociais para angariar votos e a resposta é um “sim” sonoro. Uma mistura entre política do mundo real e do mundo virtual é uma atividade nova para milhões de pessoas no século 21. Associação com partidos políticos está em queda e ao mesmo tempo seguir uma canal de mídia social – grupos do Facebook ou do Twitter – estão crescendo de forma intensa. Grillo mostrou como usá-las.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.