Fight Back News: os protestos das segundas em Raleigh

A segunda de moralidade (Moral Monday) mobilizou nesta segunda-feira mais de 1000 pessoas em protesto frente à Assémbleia Legislativa de Raleigh – Carolina do Norte nos Estados Unidos da América do Norte

Por Kosta Harlan

Tradução de Tarcisio Praciano-Pereira

 

protesto_wisconsin

Raleigh, Carolina do Norte – 84 pessoas foram presas hoje, 17 de junho, durante a 7 ª onda de protestos das segunda-feiras de moralidade, enquanto que mais de 1.000 se reuniram do lado de fora da Assémbleia Legislativa de Carolina do Norte  para protestar contra as políticas de direita que está sendo realizada pela maioria republicana. No momento em que a polícia partiu com o  ônibus com os manifestantes presos, centenas gritavam: “Vamos precisar agora  de um outro ônibus, porque, queridos,  há mais entre nós prontos para serem presos!”

Com eficiência devastadora, as maiorias republicanas na Câmara e no Senado da Carolina do Norte assim como o governador republicano Pat McCrory estão revertendo as leis e os regulamentos progressistas: direitos dos trabalhadores, a igualdade de acesso à educação, subsídios de desemprego, proteção ambiental, acesso a cuidados de saúde, dos direitos de voto e justiça racial estão sob um ataque sem precedentes pelos membros da  legislatura  dominado pela ideologia “mercado livre”.

O protesto de 17 de junho foi o sétimo de uma onda de protestos semanais organizados pelo Reverendo William Barber e pelo capítulo da Carolina do Norte da NAACP (National Association for the Advancement of Colored People). O tema do protesto desta semana foi sobre meio ambiente e por atenção de saúde justa. Milhares têm se mobilizado de todo o estado para protestar contra esta legislatura desde a primeira segunda-feira da moralidade em 29 de abril. Até o momento mais de 480 pessoas foram presas por atos de desobediência civil.

Evan Kolosna, um organizadora da SDS (Students for a Democraty Society) da University of North Carolina-Asheville (Estudantes por uma Sociedade Democrática – SDS) e da North Carolina Student Power Union (Poder dos Estudantes da Carolina do Norte), disseram para  Fight Back “As decisões dos políticos  estão nos afetando diretamente a nós como estudantes – os cortes orçamentais se dirigiem contra as nossas escolas , então eu diria a outros colegas: “Venha para cá se unir a  luta por sua educação e por seu futuro.”

Havia cerca vinte  de profissionais da saúde na  manifestação desta segunda-feira, segurando cartazes com os dizeres “A saúde é um direito” e “GOP Rx para NC = Maus dias para Medicine”.

“O que está acontecendo com o Legislativo agora, com a maioria republicana, é uma paródia da justiça”, disse Mohan Chilukuri, um profissional de saúde “, porque eles estão negando as atenções  de saúde a 500 mil pessoas que teriam sido elegíveis aos cuidados da Lei Affordable Care. “Chilukuri fez um chamamento aos  médicos para sairem e protestar contra o Legislativo e contra o governador McCrory.

Com a manifestação da próxima semana centrada nos direitos dos trabalhadores e os ataques contra as organizações de  trabalhadores pelo legislativo, os protestos das segunda-feiras de moralidade devem continuar nas próximas semanas. O grito de guerra dos manifestantes é “avançar juntos, e nem um só passo para trás!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.