Sete mitos que os capitalistas gostariam que ficassem longe do público

http://www.commondreams.org/view/2013/12/16-1

Published on Monday, December 16, 2013 by Common Dreams

Sete mitos que os capitalistas gostariam que ficassem longe do público

by Paul Buchheit

Tradutor: Tarcisio Praciano-Pereira

Aquilo que capitalismo gostaria que ficasse em silêncio encheria um livro … ou uma hora de noticiario noturno. (File)

A evasão fiscal de grandes líderes empresariais, são em grande parte responsáveis ​​por esses abusos. O ongresso apenas permite que isso aconteça. Líderes empresariais e membros do Congresso parecem incapazes de se relacionar com as pessoas que estão sendo vítimas, e a mídia parece ter perdido a capacidade de expressar os pontos de vista de baixa renda americanos.

1. Empresas lucram com subsídios alimentares

É estranho pensar que instituições financeiras da classe de bilhões de dólares contestem os cortes no programa de subsídios alimentares, mas de fato algumas delas são exatamente ao administradoras do programa e cobram taxas sobre benefícios destinados a crianças e outros americanos carentes, desfrutam de subsídios de dinheiro dos impostos dos estados por serviços que pode ser realizados pelos próprios estados. Eles querem mais pessoas no vale-refeição, não menos. Três empresas dominam este mercado: JP Morgan, Xerox, and eFunds Corp.

De acordo com un portavós do JP Morgan o programa de vale-refeição “é um negócio muito importante para JP Morgan. É um negócio importante em termos de seu tamanho e escala … A boa notícia, do ponto de vista do JP Morgan, é que a infraestrutura montamos tem sido capaz de lidar com o aumento deste programa..”

2. Quebre-se a Economia, Pegue seu dinheiro de volta. Morra com um emprestimo estudantil. Fique em débito.

A industria financeira manipulatou as leis de falência para se garantir de grandes benefícios dos riscos derivados que foram devastadores para o mercado 2008, desta forma têm Prioridades sobre os depósitos relacionados aos seguros,, fundos de pensão, e tudo mais que lhe sejam relacionados.. (Nota do tradutor: confira também no site do ANDES a cartilha sobre fundos de pensão

http://www.andes.org.br/andes/print-principais-noticias.andes?id=78

http://portal.andes.org.br/imprensa/noticias/imp-pri-1884144377.pdf)

Mas a mesma “reforma da falência” a serviço do banqueiro garante que os graduados universitários

mantenham-se endividados até que morram e em alguns casos mesmo depois disto, porque o débito passa para seus pais.

3. Quase 70% das grandes empresas ficam insentas de imposto federais.

E é isto mesmo antes das regras legais definidas em ‘isentos de impostos’ que eximem 69% das empresas americanas de imporsot, o que mesmo lhes economisa os gastos na contratação de advogados especialistas em estratégias de isenção de impostos.

Está no Wall Street Journal , “A percentagem de empresas norte-americanas organizadas sob a rubrica de não tributáveis ​​cresceu de cerca de 24% em 1986 para cerca de 69% a partir de 2008, de acordo com os dados recentes da Receita Federal. A porcentagem de todas as empresas é muito maior quando as parcerias e empresários em nome individual passam a ser incluídos.” (nota do tradutor: a matéria é do Jornal da Wall Street fazendo referência aos dados da Receita Federal Americana). Nos últimos anos, as empresas que se aproveitam da isenção incluem escritórios de advocacia, os fundos de hedge, parcerias imobiliárias, empresas de capital de risco e bancos de investimento. (Nota do tradutor: e não é somente nos Estados Unidos da America no Norte… eu mesmo vou fundar um banco, e estou em busca de sócios)

4. Loterias financia as isenções empresariais

Isso significa que a receita vem dos moradores mais pobres de uma comunidade, e não de empresas da classe de bilhões de dólares. Muitos dos jogadores de loteria não percebem o quão ruim são as chances de êxito. Passe 12 horas por dia comprando boletos de 2 reais (nota do tradutor: este é o valor mínimo da mega-sena) durante 50 anos e você terá exatamente esta chance de ganhar .

Alguns fatos surpreendentes revelam a extensão do problema. Famílias de baixa renda gastam por volta de

cinco a nove porcento do que ganham nas loterias. Uma pesquisa feita na Pennsylvania descobriu que quase metade dos moradores de baixa renda planejavam jogar num cassino recém-inaugurado. Perdas em jogos na América em 2007 foram nove vezes maiores que apenas 25 anos atrás. (nota do tradutor: mais claro, em 1982).

5. A liga Nacional de Football não paga impostos federais

Uma das organizações mais rentáveis da América, com bilhões de dólares em ingressos, direitos de TV e vendas de mercadorias e, com um comissário da NFL(Liga Nacional de Futebol), que

ganha mais dinheiro que o gerente geral da Wal-Mart, Coca-Cola, and AT&T, está definido como sem fim lucrativo. Tem o status de isenção de impostos.

Ele fica ainda pior: as próprias equipes individuais não são

isentas de impostos federais, mas na verdade elas recebem subsídios da ordem de milhões de dólares para os seus estados para estádios novos ou renovados. Fãs – e não-fãs – dos Washington Redskins, o Cincinnati Bengals, o Minnesota Vikings, o Seattle Seahawks, o San Francisco 49ers e Pittsburgh Steelers (nota do tradutor: substitua pelos nomes do futebol brasileiro que eu felizmente desconheço todos e não posso colocá-los aqui por absoluta ignorância dos nomes e nem tenho a menor vontade de ir procurá-los para preencher esta tradução porque terminaria tendo vontade de vomitar) estão entre aqueles que pagam impostos para os seus campos de futebol da cidade natal. Contribuintes de Nova Orleans pagaram assentos de couro do estádio da cidade. Para o Dallas Cowboys, um imposto de $ 6000000 sobre a propriedade foi dispensado.

Um estudo da Universidade de Harvard planejamento urbano

encontrou que 70 por cento do custo dos estádios da NFL (National Footbol League) foi pago pelos contribuintes, em vez ser pelos proprietários da NFL.

6. More na Park Avenue, Receba um subsídio agrícola

Perturbador, mas fascinante

um relatório denominado “Farm Subsidies and the Big Dogs” ( Subsídios agrícolas e os cães grandes) lista Washington, DC, Chicago e Nova York, nessa ordem, como as piores criminosas.

  • In New York, “Muitas entidades recebem os subsídios federais pelos seus edifícios de escritórios do centro da cidade, tais como 30 Rockefeller Plaza, ou em pelos seus condomínios residenciais da classe de milhões de dólares” .

  • In Chicago, “Quase todos os bairros da cidade recebem os pagamentos de subsídios agrícolas federais – incluindo a Costa do Ouro, Centro-Loop, Lincoln Park, e até mesmo os vizinhos do presidente em Hyde Park.”

  • In Washington, “Até mesmo Senadores dos EUA estão recebendo cheques subsídios agrícolas.”

Talvez mais gente pude tornar-se agricultor. Na Flórida, de acordo com a Forbes, “qualquer pode qualificar legalmente suas terras como terras agrícolas, estocando algumas vacas.Herdeiro rico Mark Rockefeller recebeu $342,000 não por ser agricultor, mas por ter tornado suas terras em Idaho ao seu estado natural.

7. Magic de lucro: Como transformar um dolar em $100,000

Que custa mais ao consumidor, a tinta da impressora ou a água engarrafada? Cálculos por DataGenetics revelam que a tinta em um cartucho R$ 34,99 chega a quase R$ 3,400 por litro.O custo de um litro de tinta do cartucho daria para comprar gasolina suficiente para se transsportar num carro médio por mais de dois anos. (Nota do tradutor: um tubo de Xalacon, remédio obrigatório para quem sofre de glaucoma, contem 2,5 ml e cada ml contém 5mg de timolol que é o princípio ativo para o tratamento do glaucoma. O preço que as pessoas portadoras de glaucoma pagam pelo remédio, e naturalmente todos pagamos porque o governo fornece para os que não podem pagar, é de R$147,00 , cento e quarenta e sete reais. Ao comprar por R$147,00, está recebendo 12,5 mg de timolol, quer dizer, que precisariam compra 80mil frascos para compor um litro. Conclusão, estão pagando, os dependentes deste produto, à razão de R$ 11.760.000 por litro de timolol, sendo este o preço que esta indústria quimico-farmaceutica ganha por litro timolol da população que é forçada a usar este produto para não ficar cega em função do glaucoma. Neste caso estão tranformando um real em onze milhões, setecentos e sessenta mil reais. Ou seja, como dizia São João Crisóstomo, um padre da Idade Média, para ficar rico é preciso roubar, fique bem claro, são palavras do São João Crisóstomo que eu apenas estou repetindo, e que fique ainda mais claro, eu não tenho nada o que ver com isto, até mesmo porque eu não sou cristão.)

Água parece custar menos, entretanto a “fábrica” leva quase de graça a água que é nossa, e que vem de volta para nós

praticamente nas mesmas condições em que saiu das torneiras da distribuição pública. Para cada 100.000 garrafas vendidas, Nestle paga os rendimentos de um frasco para aqueles de nós (os contribuintes) que somos os donos da água.

Em suma, isto é o Capitalismo.

Esplorador dos Consumidores, fazendo evasão fiscal, maximização de lucros, eximindo-se de responsabilidades, (nota do Tradutor: provavelmente menciona aqui o autor coisas como o desatre da BP na costa sul Americana em que a BP se saiu sem pagar um só tostão pelo desatre produzido, ou como na costa do Rio de Janeiro uma outra irmãzinha petroleira veio furar poço sem ter o “know How” da Petrobrás, e deixou uma imensa mancha pela qual nada pagou até hoje), o vencedor que leva tudo, o capitalismo. Um sistema econômico que, Milton Friedman acreditava “, distribui os frutos do progresso econômico entre todos os povos”

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 License.

Paul Buchheit

Paul Buchheit é um professor universitário, um membro ativo do EUA Uncut Chicago, fundador e desenvolvedor de justiça social e sites educacionais(UsAgainstGreed.org, PayUpNow.org, RappingHistory.org), and the editor and main author of “American Wars: Illusions and Realities” (Clarity Press). Você pode encontrá-lo em paul@UsAgainstGreed.org.

 

Um pensamento sobre “Sete mitos que os capitalistas gostariam que ficassem longe do público

  1. Republicou isso em Matemática em Sobrale comentado:
    um tubo de Xalacon, remédio obrigatório para quem sofre de glaucoma, contem 2,5 ml e cada ml contém 5mg de timolol que é o princípio ativo para o tratamento do glaucoma. O preço que as pessoas portadoras de glaucoma pagam pelo remédio, e naturalmente todos pagamos porque o governo fornece para os que não podem pagar, é de R$147,00 , cento e quarenta e sete reais. Ao comprar por R$147,00, está recebendo 12,5 mg de timolol, quer dizer, que precisariam compra 80mil frascos para compor um litro. Conclusão, estão pagando, os dependentes deste produto, à razão de R$ 11.760.000 por litro de timolol, sendo este o preço que esta indústria quimico-farmaceutica ganha por litro timolol da população que é forçada a usar este produto para não ficar cega em função do glaucoma. Neste caso estão tranformando um real em onze milhões, setecentos e sessenta mil reais. Ou seja, como dizia São João Crisóstomo, um padre da Idade Média, para ficar rico é preciso roubar, fique bem claro, são palavras do São João Crisóstomo, O boca de Ouro, que eu apenas estou repetindo, e que fique ainda mais c.laro, eu não tenho nada o que ver com isto, até mesmo porque eu não sou cristão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s