Presbitarianos americanos devm optar por retirar financiamentos de empresas que apoiam facismo israelense

Presbyterianos tem um  Historico Voto na Agenda: Contra a  Occupation israelita da  Palestine

Thursday, 12 June 2014 15:29 By Robert Naiman, Truthout | Op-Ed

Tradução: Tarcisio Praciano-Pereira

A Caterpillar Excavator destroys homes in Nablus, Palestine, August 26, 2006. (Photo: <a href="https://www.flickr.com/photos/michaelimage/526641499/in/photolist-NxbaR-Nx562-NwJAw-Nx9ZP-NwHg7-NwGWU-NwDeA-Nx6Fa-NwBAU-NxahP-NwNSS-NwNBG-MhLaR-NwFm3-Nx6nB-NxdU2-Nxbo4-Nx4qX-NwEvf-MhA37-biCga2-Nx3ba-Nx3e6-NwJ1U-NwzM1-Nx4Fx-NwN3Y-Nx8xp-Nx5Lk-NwF8S-NxbWB-Nx7Lz-MhAgo-MhyD1-Nxeka-NwDvA-MhLL6-MhztW-NwJK5-NwNiN-NwKiQ-Nx38x-NxcHD-Nx3oX-MhysU-kVyJ4-kVyJ9-Mhyp1-NxeBM-Nx36g" target="_blank">Michael Loadenthal / Flickr</a>)Escavadeira Caterpillar destroi casa em  Nablus, Palestina, 26 de August 2008. (Photo: Michael Loadenthal / Flickr)

Na próxima semana, presbiterianas reunidos em Detroit tem uma oportunidade histórica para ajudar a mudar a dinâmica fundamental do conflito IsraelPalestina, considerando desinvestimento de três empresas significativamente ligados à ocupação israelense da Palestina.

Às vezes, uma situação que parece sem esperança está realmente pronta para um novo começo quando o desespero aparente reflete a aceitação de que a sabedoria convencional fracassou totalmente para trazer soluções e que as soluções requerem ações que a sabedoria convencional tem bloqueado.  Na semana que vem, Encontro Presbiteriano em Detroittêm uma oportunidade histórica para ajudar a mudar a dinâmica fundamental do conflito IsraelPalestina de uma forma que vai trazer uma resolução justa do conflito mais perto. Eles vão estar considerando desinvestimento de três empresas – Caterpillar, Motorola e Hewlett Packard – que são significativamente ligados à ocupação israelense da Palestina.

Quando me refiro à “ocupação israelense da Palestina”, eu quero dizer com “Palestina” nas áreas da Palestina histórica que foram militarmente ocupados por Israel em 1967 Faixa de Gaza e na Cisjordânia, incluindo Jerusalém Oriental que têm sido o foco de aspirações nacionais palestinas por um Estado independente desde 1974, e que foram implicitamente reconhecido como “Palestina” por 138 países quando votaram 138-9 a conceder “Palestina”  estado observador não-membro das Nações Unidas em 29 de novembro de 2012.

Escavadeiras da Caterpillar têm sido usadas ​​para demolir casas palestinas. (Uma escavadeira Caterpillar matou a pacifista americana Rachel Corrie, quando ela tentou impedir a destruição de Israel de uma casa palestina em Gaza.) Motorola fornece forças de ocupação militar israelense na Cisjordânia. Hewlett-Packard forneceu aos militares israelenses produtos para administrar o bloqueio israelense de Gaza e para manter postos de controle que restringem o movimento palestino na Cisjordânia.

O ponto de referência mais importante para os não-presbiterianos para julgar a moralidade e a sabedoria do despojamento que os presbiterianos estão prestes a considerar é o contexto dos esforços diplomáticos que fracassaram nos últimos 20 anos para resolver o conflito IsraelPalestina.

Nos últimos 20 anos, a dinâmica fundamental dos esforços para resolver o conflito IsraelPalestina foram:

1) As forças anti-ocupação de Israel não terem  sido suficientemente fortes para, politicamente,  para derrotar as forças pró-ocupação. Pelo contrário, as forças pró-ocupação em Israel aumentaram drasticamente o seu poder político e as forças anti-ocupação de Israel perderam dramaticamente o poder político. Esta dinâmica é exemplificada pela participação de colonos da Cisjordânia firmemente contrário à independência palestina como ministros do atual governo israelense.

2) O governo dos Estados Unidos tem dominado o processo de negociações entre Israel e os palestinos. Historicamente, a diplomacia árabe para resolver o conflito foi baseada no pressuposto de que, no final do dia, o governo dos EUA iria pressionar o governo israelense a tomar as ações necessárias para alcançar uma resolução política do conflito. Mas o governo dos EUA tem-se revelado incapaz de fazer isso, por causa do poder político do lobby pró-ocupação em Washington. Esta dinâmica foi exemplificada quando a administração Obama falhou em seus esforços para obrigar o governo de Israel a congelar a expansão dos assentamentos israelenses na Cisjordânia.

3) Portanto, se houver uma solução justa do conflito, a pressão eficaz sobre o governo de Israel a concordar com uma solução tem que partir de fora do governo de Washington.

4) As mesmas forças pró-ocupação que bloquearam Washington a tomar medidas eficazes para pressionar o governo israelense a aceitar uma resolução justa do conflito estão evidando esforços  para evitar qualquer  pressão sobre o governo israelense em outras arenas.

5) No entanto, a força política das forças pró-ocupação é muito menor fora de Washington e tem vindo a diminuir fora de Washington muito mais rapidamente.

Este é o contexto político em que os presbiterianos irão considerar a alienação de três empresas ligadas à ocupação israelense da Palestina, quando se reunirem na próxima semana em Detroit.

Se os presbiterianos votaremsim” no desinvestimento que bem pode acontecer, uma vez que a votação, há dois anos, perdeu por uma diferença  não muito grande não-presbiterianos vai ouvir  como  as ideias-chave:

1) O aumento da pressão sobre o governo israelense é essencial para resolver o conflito;
2) não há perspectiva visível de que a pressão necessária sobre o governo de Israel virá de Washington; e
3) portanto, instituições como a Igreja Presbiteriana vão ter que tomar a tarefa de pressionar o governo israelense com seus próprios meios, se quiserem ver uma resolução justa para o conflito.

Você pode assinar seu apoio para desinvestimento Presbiteriana da ocupação israelense aqui  e você pode encontrar uma imagem para mostrar seu apoio de desinvestimento Presbiteriano da ocupação aqui.

Copyright, Truthout. May not be reprinted without permission.Entretanto eu não estou reimprimindo, eu estou traduzindo, quer dizer estou produzindo um outro trabalho partir dooriginal o que me é permitido pela Licencen 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s