Iraque e Detroit roubados pelos mesmo bandidos.

Iraq and Detroit: Both Plundered by the Same Bandits

Friday, 27 June 2014 11:01 By Margaret Kimberley, Black Agenda Report | Op-Ed

2014 627 fre fwFrom left, taking apart Detroit and patroling through Baghdad, Iraq. (Image: Bob Jagendorf, Sgt. Jason T. Bailey; Edited: EL / TO)

Do you want media that’s accountable to YOU, not to advertisers or billionaire sponsors? Help sustain Truthout’s work by clicking here to make a tax-deductible donation!

The ugly face of empire and disaster capitalism is visible all over the world. Detroit, Michigan, was once a thriving city but was sent into a tailspin by the deindustrialization of the United States, white flight, and institutional racism which blamed black people who were in fact the victims of catastrophe. The coup de grace was delivered by big banks like UBS, Bank of America and Barclays, which sold risky derivatives schemes to corrupt Detroit politicians. When the financial deal inevitably headed south, the banks were the creditors first in line for a payout.

A cara feia do império e do desastre do capitalismo é visível em todo o mundo. Detroit, Michigan, era uma vez uma cidade próspera, mas foi enfiado numa pirueta pela desindustrialização dos Estados Unidos, do vôo branco, e ao racismo institucional, que culpou os negros que na verdade eram as vítimas da catástrofe. O golpe de misericórdia foi a entrega aos grandes bancos como o UBS, Bank of America e Barclays, que vendeu esquemas de derivativos de risco para políticos corruptos de Detroit.
Quando o negócio financeiro, inevitavelmente, chegou no sul, os bancos erma os credores na primeira linha para o pagamento.

Far back in that line were the workers and people of Detroit. The emergency manager, Kevyn Orr, whose very position they had voted against establishing, rules the city. The new mayor is a figurehead and the people have no representation as the Republican governor and emergency manager remake the city for capital and the gentrifying settler class.

No final da fila estavam os trabalhadores e o povo de Detroit. O gerente de emergência, Kevyn Orr, contra cuja posição muitos tinham votado contra, governa a cidade. O novo prefeito é uma figura sem significado, tipo a rainha da velha Inglaterra, e as pessoas não têm representação como o governador republicano e gerente emergência refaz a cidade de acordo com os objetivos do capital.

Do outro lado do mundo, no Iraque, uma nação está se desmoronando sob o peso de 11 anos de ocupação violenta pelos Estados Unidos. Uma nação antes em desenvolvimento é agora uma ruína, com toda a sua infra-estrutura, dos sistemas de cuidados de saúde à educação ficou destruída pela avareza ocidental. O primeiro-ministro, que foi escolhido com a aprovação dos Estados Unidos, Nouri al-Maliki, agora se tornou um inconveniente e enfrenta um destino sombrio.

Primeiro a equipe de Bush e agora a equipe de Obama determinou que a promoção dum lado de disputas políticas sectárias faria uma ocupação rentável. Em vez disso, eles produziram a guerra entre sunitas e xiitas e com objetivo de derrubar mais dominó fund jihadists, que sempre a perturbar seus planos. Agora estão dizendo ao Maliki para sair do escritório, se ele quiser ajudar a esmagar os inimigos que os EUA fizeram dentro do seu país.

A world away in Iraq, a nation is crumbling under the weight of eleven years of violent occupation by the United States. The once developing nation is now a ruin, with all of its infrastructure and systems from health care to education destroyed by western avarice. The prime minister who was chosen with America’s blessing, Nouri al-Maliki, has now become an inconvenience and faces a bleak fate.

The Bush administration and now the Obama team determined that promoting one side in sectarian political disputes would make for a smooth running and profitable occupation. Instead they brought war between Sunni and Shia and with goal of knocking down more dominoes, continued to fund jihadists who always upset their plans. Now Maliki is being told to get out of office if he wants help in crushing the enemies that America made for his country.

Assim como a infra-estrutura do Iraque foi destruída, os moradores de Detroit agora vivem sem os serviços básicos que deveriam ser considerados como o direito de todo ser humano. Nos Estados Unidos, um país que se orgulha de seu alto nível de avanço, os moradores de uma grande cidade deve pleitear à comunidade internacional para o direito de acesso à água.

Just as Iraq’s infrastructure has been destroyed, Detroit residents now live without basic services which ought to be regarded as the right of every human being. In the United States, a country which boasts of its high level of advancement, residents of a major city must plead to the international community for the right to access water.

Em uma cidade já à beira da ruína, os poderosos escolheram pressionar as pessoas sob pressão a pagar os aumento do preço da água. Eles também usam de métodos impróprios, duros, às vezes até mesmo de privar da água aqueles que pagaram suas contas. Ninguém pode sobreviver sem água para beber, e não se pode sobreviver muito bem sem água para cozinhar, limpeza e saneamento. Pessoas muito poderosas em salas de reuniões e escritórios do governo tomaram as decisões que transformaram Detroit em um Iraque no meio dos Estados Unidos e agora zombam de pedidos de misericórdia.

In a city already on the brink, the powers that be chose to pressure struggling people to pay increased fees for water. They have also used harsh and sometimes improper methods to deprive even those who have paid their bills. No one can survive at all without water to drink, and one cannot survive very well without water for cooking, cleaning and sanitation. Very powerful people in boardrooms and government offices made decisions that turned Detroit into an Iraq in America’s midst and now sneer at pleas for mercy.

Leiam mais aqui http://www.truth-out.org/opinion/item/24638-freedom-rider-detroit-and-iraq

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s