E é na Suécia onde a coisa acontece: milhares de famílias pedem auxílio para enfrentar a pobreza

http://www.aftonbladet.se/nyheter/article15976113.ab;jsessionid=5C29138A04325FDB10239DD7DC5D3C87

Startsidan / Nyheter 2012-12-23

Nem todas as crianças querem um tablet

Milhares de famílias procuram ajuda – no inverno a pobreza doi mais

BEHÖVER HJÄLP Varje år söker tusentals familjer bidrag till julen, men det handlar inte om utsvävningar. ”Det handlar ofta om att man vill köpa vinterkläder och vinterstövlar till barnen, säger Lena Holm, generalsekreterare på barnhjälpsorganisationen Majblomman. PRECISA DE AJUDA A cada ano, milhares de famílias procuram ajuda para  o Natal, mas não se trata de deboche. É comum dizer que as pessoas querem comprar roupas de inverno e botas de inverno para as crianças, diz Lena Holm, Secretário Geral da barnhjälpsorganisationen (organização de ajuda às crianças) Majblomman. Foto: LASSE ALLARD
 
Há crianças que só querem uma roupa quente como presente de  Natal.

Ou um par de óculos para que eles não tenham dores de cabeça na escola todos os dias.

Todos os seus amigos perguntam o que eles ganharam de  Natal e neste ano eu quero que eles fiquem orgulhosos quando disserem”, escreve a mãe de dois filhos para  organisação  Majblomman.

De acordo com o relatório  Rädda barnens Barn­fattigdomsrapport vivem hoje  242 000 crianças com uma economia de tal forma restrita ou fraca que elas se podem caracterizar como pobres.

 

Não se trata de um quarto de um milhão de crianças que passam fome ou vivem na rua.

É mais do o que também acontece com  crianças que não podem  sempre poder contar com novas roupas quentes, para ir ao cinema ou jogar boliche com os amigos depois da escola.

Amanhã é véspera de Natal e, em seguida, geralmente a pobreza fica mais clara. Após as fériasas crianças comparem os presentes de Natal entre si. ”Que ganhaste?”, ”Quantas almodengas to aguentaste comer?”, ”Para onde viajaram?”

Para o escritório nacional da Majblommans , a maior organização sueca de apoio às crianças pobre, chovem pedidos dos pais com as solicitações mais diversas mas voltados para auxílios para o fim do ano.

De acordo com  Lena Holm, secretária geral da  Majblomman, chegam cartas …leia mais na página do Aftonbladet, em sueco e traduza no google.

http://www.aftonbladet.se/nyheter/article15976113.ab;jsessionid=5C29138A04325FDB10239DD7DC5D3C87

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s