O bode na sala

Na assembléia dos professores da Universidade Estadual Vale do Acaraú, em Sobral, no Ceará, na quarta-feira passada um professor se manifestou dizendo que o governador do Ceará havia colocado o bode na sala.

 

O bode na sala

O bode na sala

O governador, com a delicadeza que lhe é habitual, rabiscou num papel uma imposição para começar a conversar com os professores grevistas, aliás é bom entender esta personalidade que já andou sendo pensada como Ministro da Educação para entender como se pode esperar o seu tratamento para com professores não sem enquadrar o tipo em sua situação familiar: o pai dele era um professor.

Mas o colega em sua fala, e aqui não coloco o nome do colega por não ter sua autorização para divultar o que ele disse, explicou a fábula do bode na sala.

Alguém muito doente, com profunda depressão, foi a um psicologo de depois de uma rápida conversa (atendimento relâmpado do SUS) passou-lhe a receita,  considerando que o doente era nordestino e vivia no serão:

– pegue um bode e amarre-o a uma mesa bem pesada na sala, e volte aqui dentro de duas semanas.

Duas semanas depois o paciente voltou, e seu aspecto externo era de uma clara piora. O psicologo chegou a rir por dentro quando viu o paciente pensando (não falou nada, apenas pensou)

– acertei em cheio

E disse:

– e então, me amigo?

– doutor, a coisa lá em casa piorou muito, agora com a sugeira que o bode está fazendo na sala.

– volte para casa, solte o bode, e retorne na próxima sema.

O paciente voltou para casa aliviado pois a mulher já ameaçava divórcio que é algo fora do gibi no Nordeste, e foi logo soltando o bode e fazendo a limpeza da sala. Quando retornou na semana seguinte ao consultório do psicologo este, também por dentro, pensou:

– acertei mesmo!

e falou:

– e então amigo?

– doutor, está tudo bem lá em casa. Estamos vivendo às mil maravilhas, até mesmo demos umas trepadinhas legais eu e minha mulher nas duas últimas noites coisa que há muito não faziamos porque o caralho do cacête se recusava definitivamente a levantar ultimamente.

 

O bode na sala

O bode na sala

 

Pois é tirando o bode da sala o governador do Ceará (e agora sério candidado ao MEC e segundo se fala com planos para Presidente da República)  espera ele que os professores vão suspirar fundo e bater palmas agradecidos aceitando qualquer saída.

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s