Será que este STJ representa a Justiça que todos nós precisamos?

Published on Dec 6, 2014

SAIA JUSTA COLOCA GILMAR EM SAIA JUSTA: DEVOLVE!

Dois dias depois de Jô Soares classificar como “golpe” o eventual impeachment da presidente Dilma Rousseff, uma outra atração global, o programa Saia Justa, do canal GNT, assumiu a bandeira da reforma política e do fim das doações de empresas a políticos; em coro, as apresentadoras Maria Ribeiro, Barbara Gancia, Astrid Fontenelle e Monica Martelli gritaram: “devolve, Gilmar!”; elas se referem ao pedido de vista feito há oito meses pelo ministro do STF sobre o projeto que proíbe o financiamento privado de campanhas políticas e que já foi decidido pela suprema corte por seis votos a um
4 DE DEZEMBRO DE 2014 ÀS 11:44

247 – “Vergonha alheia”. Esse é o sentimento da apresentadora Astrid Fontenelle, do programa Saia Justa, do canal GNT, da Globo, em relação ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

Ontem, no episódio do programa, ela protestou contra o pedido de vista feito por Gilmar há oito meses sobre uma ação no STF que veda as doações de empresas a partidos políticos. A decisão já foi tomada pelos ministros da suprema corte, por seis votos a um, mas só não foi implementada em razão do pedido de Gilmar.

No programa, uma imagem de Gilmar foi exibida com a legenda “VPP”, que significa “Vergonha pela pessoa”. Astrid enfatizou que sente vergonha por Gilmar, pela esposa e pela secretária do ministro.

Em seguida, a atriz Maria Ribeiro, que atua na novela Império, foi irônica. “Talvez ele não tenha tido tempo ainda para entender a questão”, afirmou, pontuando que o caso está há oito meses na gaveta de Gilmar.

A jornalista Barbara Gancia, em seguida, falou com seriedade. Disse que o financiamento privado é o principal fator que corrompe a democracia no Brasil e em outros países do mundo. “Precisamos tomar a democracia nas nossas mãos”, afirmou.

Em seguida, Mônica Martelli se juntou ao coro e, ao lado de Barbara, Maria e Astrid, puxou um “devolve, Gilmar”, em alto e bom som.

Uma nova postura da Globo

O destaque dado pelo Saia Justa ao tema da reforma política, uma bandeira defendida pelo PT e pela presidente Dilma Rousseff, mostra que há algo de novo na Globo.

Dois dias atrás, o apresentador Jô Soares classificou como “golpe” qualquer tentativa ou mesmo discussão sobre impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Ontem, João Roberto Marinho foi recebido em audiência pela presidente Dilma Rousseff. À noite, reportagem do Jornal Nacional esclareceu que Paulo Roberto Costa “nunca” alertou a presidente Dilma ou o ex-presidente Lula sobre desvios na Petrobras.

Ao que tudo indica, o grupo Globo, dos irmãos Marinho, não dará guarida, desta vez, a iniciativas golpistas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s