A violência não assola somente a América do Norte

A violência assola a América do Norte como pizza de maças (Violence as American as apple pie), mas não é somente na América do Norte que vemos a violência desatada contra a população. Aqui no Brazil a violência ceifa vidas diariamente em números bem maiores do que aqueles que a estatística registra na America do Norte:

A recente matança numa universidade em Oregon é 45ª deste ano e tomando o registro desde a matança na Escola Elementar de Sandy Hook em 2012, esta de ontem,  é a 142ª.

The Oregon college shooting is the 45th school shooting in the US for this year
alone, and the 142nd since the attack at Sandy Hook elementary school in 2012.

Matança no Rio de Janeiro: 547 mortos desde o dia primeiro do mês de fevereiro. Vocês sabem quantas pessoas são assassinadas no Rio de Janeiro diariamente ou desde fevereiro? Se não sabem ainda. Suas dúvidas já podem ser resolvidas. Temos por aqui um site que faz a contagem diária dos mortos e feridos nesta..

A contagem de cadáveres no Rio de Janeiro

Confiram neste site que desde o dia 1o. de fevereiro até o dia 31 de março foram 547 assassinatos e 338 feridos

Enquanto isto o Prêmio Nobel da Paz,Barack Obama, presidente do país mais poderoso da Terra, se dirigie ao povo norte americando dizendo que “seus pensamentos e orações não são suficientes sendo necessário alterações na legislação sobre o porte de armas…” enquanto isto ele autoriza o bombardeio de 7 países e se escandaliza quando a Rússia faz um raid dentro de sua última predileção, a Síria, certamente num ássomo de orgulho ferido. Ele deve considerar-se a única pessoa autorizada a matar gente na Síria…

President Obama said “Our thoughts and prayers are not enough” before
asking, once again, for voters to demand changes to the nation’s gun laws while he continues to bomb 7 countries. I would say, thoughts and prayers, and changes to US gun laws are not enough either.  The US needs to end it’s addiction to violence, including war.  You can’t keep invading country after country, dropping bombs, initiating regime changes, transforming local police into para-military units gunning down people in our streets, and not expect such violence to be repeated in our schools, churches, etc. The chickens are coming home to roost.  Violence is as American as apple pie.
As individuals, communities, and nations, we need to embrace nonviolence.  As Martin Luther King, Jr. said decades ago in very prophetic words: “It is no longer a choice between violence and nonviolence.  It is either nonviolence or nonexistence.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s