A polícia não pode substituir a Justiça: cercar, julgar executar

Menos de 3 meses da campanha Diga não à execução e já temos avanços para comemorar
Graças à mobilização de milhares de pessoas como você, das ações de ativismo nas ruas e dos esforços de incidência política da equipe da Anistia Internacional Brasil, conseguimos chamar atenção para os dados alarmantes do relatório “’Você matou meu filho’: Homicídios cometidos pela Polícia Militar na cidade do Rio de Janeiro”, lançado em agosto, e mobilizar mais de 12.500 pessoas com a campanha “Diga não à execução!”.

Veja os três primeiros avanços que você ajudou a tornar realidade:

1. No início do mês, o chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Fernando Veloso, anunciou publicamente que todos os homicídios decorrentes de intervenção policial (ou autos de resistência) passarão a ser investigados pela Divisão de Homicídios do Estado do Rio de Janeiro. Esta é uma das principais recomendações do relatório e uma das demandas centrais da petição.
2. A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) criou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que, uma vez efetivada, pretende investigar os homicídios decorrentes de intervenção policial no estado.

3. No dia 16, foi realizada a primeira audiência pública na ALERJ sobre o Projeto de Lei nº 182/2015 que dispõe sobre os procedimentos a serem adotados pela polícia nas ocorrência de autos de resistência.

Ainda não alcançamos nossos objetivos finais, mas estamos firmes no caminho! Vamos continuar a pressão para que esta realidade mude. Convide seus amigos, amigas e familiares a assinar a petição e fazer parte desta mobilização!
Juntas, nossas vozes são mais fortes.
Abraços,
Jandira Queiroz
Jandira Queiroz
Assessora de Ativismo e Mobilização
Anistia Internacional Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s