Fiquei mais uma vez sem Internet

E reclamei e eis texto da minha reclamação.

Este texto foi anexado,

E o atendimento se acabou porque o meu tempo se acabou, mas como não bobo, e estou acostumado ao péssimo atendimento que a ANATEL presta aos cidadãos, eu já havia editado a reclamação que agora vou copiar e colar. E observe que eu estava copiando e colando cada parágrafo, mas o sistema da ANATEL é tão ruim que não se atualiza a cada digitação da reclamação, como deveria ser, e como por exemplo acontece com o meu aceso bancário que é cronometrado, mas a cada uso da página o cronômetro é reinicializado para oferecer o tempo máximo de acesso novamente. ANATEL devia fazer isto em respeito ao cidadão e com a compreensão clara da baixa qualidade dos serviços de comunicação.

Houve um avanço, não sei se na legislação ou na informação prestada pela ANATEL ao cidadãos que usam e precisam do serviço de comunicações, agora aparece claramente o meu direito a ressarcimento pela ausência do serviço, dizendo-me claramente o valor a que tenho direito quando o serviço fica interrompido por mais de 30 minutos.

Mas é pouco. Considerando que o serviço de comunicações é vital, considerando que sentimos isto até mesmo num caixa de banco quando a atendente se lamenta do “sistema lento” quando na verdade são as comunicações de baixa qualidade, considerando os lucros exorbitantes das privadas de telecomunicações que praticamente têm apenas lucros, era preciso que a multa, aqui designada “ressarcimento pela falta do serviço” fosse bem maior e eu sugiro “falta do serviço por 30 minutos ou mais, o valor do ressarcimento é uma mensalidade do contrato do serviço, pagas tantas vezes quantas o serviço seja interrompido”.  Parece muito mas é ainda pouco considerando os lucros exorbitantes que as privadas de comunicação tem por um serviço em que elas praticamente somente tem gastos com o reduzidíssimo pessoal que elas contratam diretamente, desconsiderando os funcionários mas pagos pelas terceirizadas.

Depois, o objetivo não é o de contemplar o usuário com um lucro fácil, como se poderia em primeiro juízo pensar. Bem outro, o objetivo é precisamente o de penalizar as privadas de telecomunicação, que sentido um pouco do ônus pela falta do serviço, começariam a levar um pouco mais a sério a prestação deste serviço à cidadania.

Porque esta sugestão? Pessoalmente, apenas este começo de ano, três meses, eu já tive o serviço interrompido quatro vezes embora tenha reclamado apenas duas até porque para reclamar preciso do acesso à Internet e passado o problema terminei acomodando-me. No ano passado, 2015, perdi a conta de quantas vezes o serviço foi interrompido, mas se ANATEL tiver qualquer registro decente, pode verificar quantas vezes eu fiz reclamações. Estou fornecendo uma prova de que algo precisa ser drasticamente mudado.

 

Nr do protocolo: 934326 – 2016
Tipo: Sugestão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s