uma proposta de PEC que corta gastos dos políticos e burocratas dos três poderes

A professora aposentada Minervina B Leite enviou através de carta aberta ao presidente Michel Temer uma proposta de PEC que corta gastos dos políticos e burocratas dos três poderes.

“Vou provar ao presidente que é possível fazer economia sem passar a tesoura nas verbas da saúde e educação, bem como nos salários dos servidores públicos de todo o país”, declarou.

Dona Minervina tem 79 anos e atuou como professora de matemática por mais de duas décadas na Rede Estadual de Educação da Bahia.

Excelentíssimo Senhor Michel Temer, Presidente da República,

Dado que o senhor, desde que assumiu ilegitimamente o governo, só fala em cortar gastos públicos em saúde, educação e salários do funcionalismo do país, proponho que assuma a proposta de PEC que apresento abaixo. Mas não gaste dinheiro em banquetes para tentar aprová-la. Faça mesmo por Medida Provisória com validade de 20 anos.

Artigo 1º: Este Projeto de Emenda à Constituição regulamenta o teto salarial de todos os ocupantes de cargos eletivos no país do Legislativo e Executivo, bem como dos mais altos mandatários do Judiciário e demais burocratas comissionados destes três poderes.

Parágrafo Unico: O teto salarial de governadores, presidente da república, vereadores, deputados, senadores, ministros, juízes, desembargadores e demais burocratas de que trata o caput do artigo acima deve ser pago de acordo com a Lei Federal 11.738/2008, que instituiu o piso nacional dos professores.

SAIBA TUDO SOBRE A PEC 241 AQUI

Artigo 2º: Quaisquer vantagens além do teto salarial estabelecido ao pessoal enquadrado no Art. 1º devem ser calculadas com base no que é concedido aos profissionais do magistério da educação básica pública de estados e municípios.

Parágrafo Único: Por vantagens, entenda-se auxílio-transporte, merenda parlamentar ou outras.

[…]

Presidente, análise preliminar feita por mim indica que, só com cortes de mordomias e altos salários na Câmara dos Deputados, é possível economizar mais de R$ 700 milhões em apenas um ano. Por isso, leia essa proposta de PEC com atenção, por gentileza.

Minervina B Leite

Salvador, 18 de outubro de 2016

Anúncios

Ditadura se prepara para destruir programação livre

enquanto os donos do golpe se lambusam tem trouxa que aplaudiu a sacanagem.... e a ditadura se prepara para destruir tudo que construimos ao longo de mais de 10 anos

enquanto os donos do golpe se lambusam tem trouxa que aplaudiu a sacanagem…. e a ditadura se prepara para destruir tudo que construimos ao longo de mais de 10 anos

Durante mais de 10 anos o Brasil se distinguiu de outros países pelo uso de programação livre, se tornando um lider na área.

Agora esta ditadura de merda se prepara para destruir, entre outras coisas, esta experiência de sucesso.  Já se anuncia a compra milionária de produtos duma multinacional cujo software, além de caro, é cheio de vícios entre os quais acesso ilegal aos dados o que tornará, por exemplo, o sistema de editais e licitações públicas.  Elas agora podem vazar para a multinacional privada que pode vender as informações à revelia das entidades governamentais.   Não há nada privado num documento redigido em “word” rodando num computador com “windows”  porque a M$  tem acesso liberado e garantido a tudo que lhe possa interessar.

Com esta alteração de princípios toda a segurança do governo brasileiros e dos governos estaduais vai pro brejo.

É anedótica a história que se teria passado entre os dirigentes do governo americano e a nefasta NSA – a super agência de espionagem americana.   A Microsoft se teria queixado ao governo que a NSA usava programas de origem filandesa, Linux, em seus computadores. Chamada a atençao a respeito da reclamação a direção da NSA confirmou e reafirmou que seguiria usando programação livre, software livre, porque era o que ela poderia usar com maior segurança para proteger as informações de interesse do governo americano.

Agora a ditadura judiciária com a Tremer Traira à frente, planejam destruir o caminho que viemos trilhando de implantação do sofware livre na governança eletrônica brasileira. Um atraso e uma paulada na nossa independência, provavelmente dois itens que não interessam para nada à burocracria judiciária que dá suporte à ditadura.

 

As atrocidades criminosas do governo Sionista de Israel contra o povo de Gaza

As atrocidades criminosas e covardes do governo Sionista de Israel contra o povo de Gaza

Reposted from the Women’s Boat to Gaza Website

Thank you to everyone that made media outlets around the world pay attention to the Women’s Boat to Gaza.

Below is a sample of the media coverage that this latest project of the Freedom Flotilla Coalition has achieved. We continue to process the enormous number of articles across the many countries represented in the campaign. Coverage is grouped in date order, under campaign stages, and then by country, as each participant returned home.

Your supportive online activities and conversations have helped and continue to help amplify Palestinian voices to break the blockade of silence surrounding the illegal Israeli blockade of the Palestinian people of Gaza.

12/10/16 – Women’s Boat to Gaza: 13 Activists Detained by Israel, Weeks After U.S. OKs $38B in Military Aid (Democracy Now Video)

6/10/16 – AJ+ Video about the Women’s Boat to Gaza 

6/10/16 – Pink Floyd reunion: David Gilmour, Roger Waters to perform live in Palestine soon?

Reactions and Returning Home (by Country)

South Africa

8/10/16 – Sea of support for Gaza activist

8/10/16 – South African Olympian returns home after Gaza protest

New Zealand/Aotearoa

8/10/16 – Marama Davidson back home after Gaza protest

8/10/16 – Hobart boat captain Madeleine Habib detained during Gaza protest returns home 

7/10/16 – Hobart sailor Madeleine Habib set to be deported over Gaza mission

Australia

18/10/16 – ‘It’s hard to engage military against a little ray of hope’: Gaza protesters fight back with dignity – and tea 

8/10/16 – Hobart boat captain Madeleline Habib detained during Gaza protest return home

8/10/16 – Hobart protester Madeleine Habib returns from Women’s Boat to Gaza trip 

7/10/16 – Tasmanian activist held by Israeli army

7/10/16 – Pink Floyd ‘reunites’ in support of pro-Palestinian sailing mission as activists expected to be deported

7/10/16 – Israelis stop boat, Australian skipper outside Gaza (Vietnamese)

6/10/16 – Israel intercepts boat seeking to break Gaza blockade

Barcelona – Departure (12-19 September)

12/9/16 – La Flota de la Llibertat prepara al Port Vell un nou viatge a Gaza / BTV

12/9/16 – Una flotilla de dones per trencar una dècada de bloqueig a Gaza / La Directa

12/9/16 – Mujeres Rumbo a Gaza desafiará el bloqueo israelí / Diagonal

13/9/16 – Las mujeres que lucharon por la liberación de Palestina / eldiario.es

13/9/16 – Ada Colau assisteix a l’acomiadament de la flota solidària ‘Dones rumb a Gaza’ / Ajuntament de Barcelona

13/9/16 – Una nova flotilla salpa avui de Barcelona amb l’objectiu de trencar el blocatge de Gaza / Vilaweb

13/9/16 – Todas somos Mujeres Rumbo a Gaza / eldiarioes

14/9/16 – La flotilla ‘Mujeres rumbo a Gaza’ zarpa de Barcelona para denunciar el bloqueo israelí / El Periódico

14/9/16 – Un grup de dones navega cap a Gaza per denunciar l’ocupació palestina / TV3

14/9/16 – Salpen de Barcelona els dos vaixells de Dones Rumb a Gaza per denunciar el bloqueig d’Israel / Lliure i millor

14/9/16 – Women’s Boat to Gaza (Radio 2SER Australia)

14/9/16 – Nova flotilla contra el blocatge de Gaza / El Triangle

14/9/16 – La Flota de la Llibertat salpa rumb a Gaza des del Port Vell / BTV

14/9/16 – La flotilla ‘Mujeres rumbo a Gaza’ zarpa de Barcelona para denunciar el bloqueo israelí / El Periódico

14/9/16 – Una flotilla de dones salpa cap a Gaza per denunciar el bloqueig israelià / Diari Ara

15/9/16 – Dues embarcacions amb una vintena de dones salpen del port de Barcelona cap Gaza / Llibertat.cat

15/9/16 – Una nova flotilla salpa cap a Gaza des de Barcelona / El Pais

15/9/16 – Uhintifada emisión especial: Las mujeres navegan ya rumbo a Gaza / Hala Bedi – UhIntifada

17/9/16 – Dones cap a Gaza: dos vaixells amb tripulació femenina salpen de Barcelona / Catalunya Ràdio – Solidaris

Ajaccio – First Stop (20-22 September)

20/9/16 – Gazatíes apoyan a la flotilla de mujeres contra bloqueo israelí / HispanTV 

21/9/16 – Ships with all-women crews set sail for Gaza, hoping to break blockade

Messina – Second Stop (24 September – 1 October)

25/9/16 – Interview with Malin Bjork MEP 

1/10/16 – Entrevista a Sandra Barrilaro, participante en el Zaytouna-Oliva

Messina to Gaza – The Voyage and Israeli Attack (2-8 October)

7/10/16 – Hobart Madeleine Habib set to be deported over Gaza mission

7/10/16 – Tasmanian activist held by Israeli army

7/10/16 – Zaytouna-Oliva Women to be ‘deported’ / Details Emerge about the Capture 

7/10/16 – Hobart sailor Madeline Habib set to be deported over Gaza mission

7/10/16 – Hobart sailor Madeleine Habib set to be deported over Gaza mission

6/10/16 – Pink Floyd ‘reunites’ in support of pro-Palestinian sailing mission as activists expected to be deported 

6/10/16 – Israel detains female pro-Palestine activist boat captained by Hobart woman 

6/10/16 – Australian – captained vessel detained on rout to Gaza 

6/10/16 – Womens boat to Gaza with Malaysian doctor on board stopped by israeli forces/

6/10/16 – Pink Floyd reunion David Gilmour Roger Waters perform live Palestine soon 

6/10/16 – NZ Green MP on ship intercepted by Israel 

6/10/16 – Australian-captained vessel detained en route to Gaza 

6/10/16 – Nobel laureate Mairead Maguire: Israeli navy detention is kidnap 

6/10/16 – Israelis stop boat, Australian skipper outside Gaza (Mandarin)

5/10/16 – Gaza’s women flotilla ‘challenging Israel’s blockade’ 

5/10/16 – Israel sends female naval cadets to stop women’s boat headed to Gaza [Correction – Male and female members of the Israeli Occupation Forces attacked, boarded and forced our boat from International Waters to Ashdod]

5/10/16 – Israel intercepts boat seeking to break Gaza blockade

5/10/16 – Israeli Military Blocks Female Flotilla From Reaching Gaza

5/10/16 – Samira Duwaifia and the Women’s Boat to Gaza mission

5/10/16 – All-women aid flotilla nears blockaded Gaza Strip

5/10/16 – Israel intercepts Women’s Boat to Gaza

5/10/16 – Anderson outraged after Women’s Boat to Gaza intercepted

5/10/16 – Crew of all-women Freedom Flotilla heading to Gaza reportedly detained by Israeli forces

5/10/16 – Israel stops Women’s Boat to Gaza

5/10/16 – All-women aid ship set to reach Gaza Strip

5/10/16 – Israeli navy board and seize Gaza flotilla, redirect it to Ashdod port

5/10/16 – Israel intercepts boat seeking to break Gaza blockade

5/10/16 – Israel takes over women’s boat to Gaza

5/10/16 – ‘We don’t know where our friends are,’ says Women’s Boat to Gaza after Israel’s navy commandeers ship

5/10/16 – Activists’ plea for Norway to stop Israeli attack on flotilla

3/10/16 – Palestinians thank the Women’s Boat to Gaza Video

3/10/16 – Pelayaran 13 Wanita ke Gaza | Women’s Boat to Gaza Video (Malaysia)

In addition, you can access a range of other media reports via these hash tags that we have used during the mission:

#womentogaza

#letfflotillasail

#SOSWomenFlotilla

#welcomeLeighAnn


Canadian Boat to Gaza:  www.canadaboatgaza.org email: canadaboatgaza@gmail.com

Bateau Canadien pour GAZA:  www.canadaboatgaza.org courriel: canadaboatgaza@gmail.com

 

Sem fim

kurtulusicinmucadele-1024x731

Por Luís Fernando Praga

O que sinto agora é novo, parece o pior que eu poderia sentir. É uma tristeza resignada que se acomoda em ser triste. É sentir a esperança morta e sendo esfregada na cara por um bando de brutamontes sorridentes. É uma indignação engessada, é uma força comatosa, um desânimo pra luta.

A clareza dos fatos e as evidências históricas parecem imperceptíveis à maioria. De nada vale o passado como parâmetro para a mudança de que a sociedade tanto carece e com urgência.

Mais uma vez optamos pelo retrocesso. Mais uma vez, enquanto sociedade, entregamos poder aos pastores que nos arrebanham e escravizam. Inocentemente acreditamos que eles cuidarão de nossas vidas e nos protegerão de um mal maior.

Nossas crianças continuarão sendo educadas pela mídia, por religiosos hipócritas e pela cultura de adoração ao dinheiro. Pais presentes e escola de qualidade, nem pensar; aliás: pensar, nem pensar. Serão adultos carregados da mesma ignorância, dos mesmos medos, ódios e preconceitos que nos alienam hoje.

Continuaremos cometendo os abusos próprios das sociedades machistas. Mulheres continuarão tendo menos direitos que homens e naturalmente, continuará havendo estupros e imbecilmente a sociedade continuará condenando as vítimas.

Relutaremos em pisar terrenos novos e seguiremos caminhando pelas dores do passado, com medo de cada centímetro em direção ao futuro e à libertação. As pessoas seguirão, por décadas, temendo aos que lutam por elas, mas trabalharão em prol de quem as escraviza.

Continuaremos alimentando a farsa de que acumular bens e consumir seja o segredo do sucesso e da felicidade.

Continuaremos, talvez por séculos, competindo, guerreando e matando nossos semelhantes para defendermos o direito de permanecer na merda e seguiremos na cobiça de um dia escravizar alguém também.

Os indignados, que gritavam por justiça e contra a corrupção, em uníssono com a mídia golpista, com lideranças fascistas e políticos entreguistas, hoje se calam, e, obedientes àquela mesma mídia, trabalham. Trabalham tranquilos, como se tivessem resolvido tudo, como bois pastando às vésperas do abate. Trabalham até a morte, enquanto a elite política amacia a carne do País para que, nos próximos 20 anos, a elite econômica deguste tudo sem se dar ao trabalho de mastigar.

Eu estava errado e nada era pra agora: nem a liberdade nem a justiça social nem o fim da miséria e da fome nem uma educação que crie cidadãos éticos nem o estado laico nem a sustentabilidade ou a valorização da vida humana como bem maior, tudo vai ter que aguardar.

Meus conceitos de tempo, urgência e necessidade se mostraram equivocadas ilusões criadas por mim. Tudo pode esperar e eu morrerei, deixando aos meus o mundo injusto e movido a guerras, onde vivi minha vida toda.

É muito triste para quem vislumbra outro mundo, para quem vive dessa esperança, para quem sofre a dor do outro, para quem semeia com o intuito de ver frutificar.

Entretanto, somos muitos semeando e ainda há tanta esperança viva dentro de nós! Somos tantos os que já lutamos por liberdade e caminhamos rumo ao mesmo horizonte, desde a aurora da humanidade, que não, não há de ser tudo em vão!

Talvez o “germinar” independa de minha percepção de tempo e de necessidade. Talvez minha capacidade de enxergar o que se convencionou chamar de utopia não me garanta a possibilidade de vivenciá-la.

Tudo o que tenho é minha vida e a condição de dar a esta dádiva o andamento mais digno possível, apesar das limitações impostas por um sistema cruel onde, queira ou não, estou inserido.

Apesar de derrotado, ainda vejo dignidade em apanhar e me levantar pra luta, minha motivação é nobre e pacífica! Vejo dignidade na rebeldia frente à submissão e na desobediência a imposições opressivas. Vejo dignidade em não me vender, em ser empático e solidário. Vejo dignidade em sonhar e não desistir da evolução!

Vejo dignidade em reafirmar que a mídia é uma arma poderosa que nos controla conforme interesses meramente comerciais. Vejo dignidade em alertar que as religiões estão limitando a capacidade humana e em argumentar que este sistema jamais será nosso aliado. É digno viver como aqueles que jamais se calaram perante as injustiças; é uma honra!

Eu não ligo de morrer antes da sombra e dos frutos! Eu vejo dignidade e, reparando bem, posso até sentir o frescor da sombra e o doce dos frutos de tudo o que já foi plantado às margens da nossa estrada.

Talvez nossa função seja apenas trilhar, pra não deixar o mato crescer sobre esse caminho que não querem que vejamos, mas que, um dia, todos percorrerão seguros e convictos. Talvez nosso empenho não transforme ninguém, mas sirva pra gente como nós saber que gente como nós existe, pra que a resistência encontre amparo e pra que saibamos que há com quem contar! Talvez possamos construir pequenas fagulhas de utopia em paralelo ao sistema que destrói e servir de exemplo a futuros sonhadores.

O que sinto agora, alguns parágrafos abaixo, é ainda mais novo! É a esperança renascida, que sempre renasce diferente, vigorosa e sedutora! O que sinto é a beleza de existirmos, de sermos vários, diferentes e de não termos medo de apanhar! Sinto que nós, os sonhadores, por mais que nos oprimam, humilhem, violem e massacrem, nós não acabaremos nunca, e um dia seremos todos!

Eduardo CUnha & João Dória Jr

por Gilmar Crestani

Como publica hoje  o insuspeito Ricardo Noblat, n’O Globo, jornal da mais longeva família golpista brasileira, Eduardo CUnhapara chegar à presidência da Câmara, financiou a campanha de mais de 100 deputados do PMDB e de outros partidos. Montou uma bancada que, no seu auge, chegou a reunir pouco mais de 200 deputados“. Na política da plutocracia, na se destrói, na se cria, tudo se transforma. De mão em mão vão nos passando a mão.

Se é verdade que Eduardo CUnha foi um bom aluno de PC Farias, tendo adentrado ao submundo da política pelas mãos de distinto defunto alagoano. Seus métodos foram aperfeiçoados sob o “olhar vigilante” da Rede Globo, quando esteve à frente da TELERJ. Se a Globo capturou o governo FHC com os atributos da Miriam Dutra, não foi diferente com Eduardo CUnha. Outra funcionária da Globo, desta feita Cláudia Cruz, serviu para ligar os pausinhos mandados.

A compra da reeleição está na origem dos métodos usados por Eduardo CUnha na montagem de uma bancada para chamar de sua ou nesta revelação da Folha em relação ao João Dória Jr.

O pecado de CUnha, visto a partir de sua prisão, foi não ter se filiado ao PSDB. É o único partido que pode comprar reeleição, entregar empresa de energia ao filho do presidente, colocar o genro na CSN, fazer aeroporto em terras de familiares, amigar-se com traficantes, advogar para traficantes, montar um bancada de vereadores que nada vai lhe acontecer. O suprassumo disso tudo pode ser entendido por uma das já famosas tentativas de beatificação do PSDB: o dinheiro das empresas doados para as campanhas do PSDB já limpos, para os demais partidos são sujos. Não deveria haver esta diferença. E ela só pode ser admitida se aceitarmos que o uso das lavanderias do HSBC, Liechtenstein e Panama Papers deixam o dinheiro da corrupção mais limpos.

No caso do estagiário à CUnha não há só convicção. Seus próprios correligionários e agora também a porta-voz do PSDB, Folha de São Paulo, mostram do que é feito. Não será por falta de denúncias. As privatizações, seja de FHC sejam as que ameaçam JD (é só uma sigla que pode dizer respeito a José Dirceu ou a João Dória…), é a forma por excelência com que o PSDB monta bancadas de apoio.

Espera-se que não demorem para prenderem João Dória Jr tanto quanto demoraram para encarcerar o ventríloquo do golpe paraguaio.

O único problema é que ele pertence ao PSDB, partido sobre o qual só se pode escrever hagiografias.

Eduardo CUnha & João Dória Jr: são frutos dos mesmos métodos, mesmos apoios, prestam o mesmo serviço e têm a mesma proteção!

9 dos 55 vereadores de SP foram eleitos com doações de Doria | Brasil 24/7