Kelvin Zifla escreveu a respeito da Albânia

Kelvin Zifla escreveu isto a respeito da Albânia

Embora não se possam fazer paralelos entre Albânia e Brasil eu vou traduzir, um pouco
a minha maneira, o que Zifla escreveu porque acho que ele trata de pontos que nos interessam como brasileiros e neste momento em que vivemos uma dolorosa ditadura ratificada pela nossa “suprema” corte que na verdade virou uma corte bananeira entulhada com dragões que se mascaram de mordomos de filmes de terros com aquelas capas próprias do século 19 e inteiramente ridículas nos dias de hoje. Apenas ridículos que são e nós empobrecidos por uma justiça dirigida por retardados mentais.

Kelvin Zifla diz que sabe muito sobre a Albania, e eu sei muito pouco sobre este país que
me chamou muita atenção durante a ditadura de 64 que era de onde vinham muitas
das notícias que eu conseguia ler.

Eu também sei que durante a segunda sacanagem mundial comumente chamada de
segunda guerra mundial” os mulsumanos albaneses esconderam os seus compatriotas
judeus protengendo-os contra o sadismo dos invasores alemães e seus aliados dentro
do país. Correram riscos significativos, mas foram humanos e solidários. Eram os mulsumanos  albanases.

Mas, diz Zifla, Albânia é um país em desenvolvimento que tem todos os recursos para
se tornar um país desenvolvido em cinco anos. Mas isto não vai acontecer e se deve
a corrupção que arruina este país cujo índice de corrupção é 39, ainda não muito alto.

Mas é uma amostra como a corrupção pode arruinar um país ao longo do tempo.

Houve uma intensa campanha por parte dos embaixadores estrangeiros de reforma do
judiciário porque o “judiciário havia perdido a sua capacidade de auto correção”, coisa
que acontece entre nós: o judiciário brasileiro perdeu a vergonha, em palavras simples,
ou na forma como fala Zifla, perdeu a capacidade de autocrítica!

E lembra o que todas nós estudamos na escola, da independência dos poderes, Legislativo,
Executivo e Judiciário, os três pilares duma democracia que funcione. Entre nós estas
três coisas viraram uma tremenda suruba! É isto mesmo, completamente pornográfica,
a coisa! Um congresso minado por ladrões, um judiciário dominado por corruptos ou
retardados mentais, estes que se vestem com capas do século passado para dar a impressão
que merecem respeito, um executivo traidor da pátria que está entregando nossas riquezas
e nosso patrimônio às potências estrangeiras.

E você se lembra, pergunta  Zifla o que você estudou na escola da divisão entre os poderes,  do Legislativo, Executivo e Judiciário? os três pilares duma democracia que funcione!  Se um deles estiver podre, o que esperar dos outros?  e pior, como no nosso caso, quando os três estiverem apodrecidos, o que esperar de nós?

No parlamento funciona a regra do cabresto, os peões seguem a ordem de seus
chefes que Zifla chama educadamente de “líderes”, conflitos, se houver, ficam
escondidos porque não existem alternativas dentro dos partidos. Na prática significa
que as opiniões dos três partidos, na Albânia, é a opinião dos três “líderes”. Como
entre nós, apenas aumentando a quantidade de chefes de quadrilhas.

E pergunta Zifla, “será que num tal cenário se pode esperar algum projeto ambicioso
de desenvolvimento econômico?”. A nossa pergunta obviamente tem que ser outra,
o Brasil, durante o governo de Lula e seguido por Dilma, se transformou da 16ª economia
mundial na 6ª e com o golpe começa a resvalar, e quem, sabe, passe na queda da daquilo
que foi a 16ª economia mundial, claro, se não nos revoltarmos e derrubarmos esta sujeira imunda que domina judiciário, legislativo e executivo, agora em abril, na mais brilhante comemoração que poderiamos fazer do martírio de Tiradentes.

Termina Zifla, e vou corrigir suas palavras para colocar no nosso contexto, ai está porque
derepente o Brasil pode novamente se tornar um país pobre e agora que estamos no futuro,
voltarmos a sonhar em retornar para o futuro!

Libertas quae sera tamen!

Anúncios

Um pensamento sobre “Kelvin Zifla escreveu a respeito da Albânia

  1. Pingback: Kelvin Zifla escreveu a respeito da Albânia | Matemática em Sobral | BRASIL S.A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s