Avareza dos mais medíocres arrasa o mundo em que todos vivemos

Os economistas Thomas Piketty, Emmanuel Saez, Gabriel Zucman, Facundo Alvaredo and Lucas Chancel lançaram o documento sobre a desigualdade no mundo de 1980 a 2016 os que avançaram sobre a riqueza do mundo a ponto de se considerarem os mais ricos do Mundo. Naturalmente, eles consiguiram isto às custas de todos nós outros, inclusive, mas não somente, com a fuga de impostos ou subsídios de dinheiro público. Segundo o relatório dos economistas, o nicho dos avarentos que compõem o que já se convencionar de “um por cento” meteram no bolso duas vezes aquilo que a metade “inferior” econômica da população do Mundo tem. Estes dados justificam muito bem o título do documento cuja palavra chave é “desigualdade no mundo”.

The inaugural World Inequality Report published on Thursday by economists Thomas Piketty, Emmanuel Saez, Gabriel Zucman, Facundo Alvaredo and Lucas Chancel documents the rise in global income and wealth inequality since 1980. The report covers up to 2016, leaving out the last year, in which the stock market has soared on the expectation that the US will enact massive tax cuts, providing yet another windfall for the rich. The report found that between 1980 and 2016 the world’s richest one percent captured twice the income growth as the bottom half of the world’s population, contributing to a significant rise in global inequality.

A avareza central do Mundo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s