O apagão de quarta-feira

Eu vi vários comentários sobre o apagão de quarta-feira, alguns curiosos. Um deles
associava o apagão à possibilidade que muitas pessoas tiveram para se libertarem
da “conexão” porque lhes faltou acesso à Internet. Ao se libertarem da conexão
descobriram as pessoas à sua volta, conversaram em família ou com os amigos, voltaram
a ser gente.

Mas houve um comentário de que senti falta, da irresponsabilidade das privadas que
exploram a nossa distribuição de energia, por exemplo, aqui no Ceará em que me parece
que é uma italiana que ficou no lugar duma espanhola depois que o desgovernador do
estado doou a nossa Coelce, a Companhia de Eletricidade do Ceará.

É o Estado do Ceará, como a maioria dos estados brasileiros, era dono de sua distribuição
de energia elétrica e com isto pagava bem os seus funcionários fazendo distribuição de
renda que agora ficou concentrada na mão duma multinacional.

Nos 20 anos de privatização nós, eu, você todos nós perdemos capital com a nossa Coelce
que foi doada e cujo patrimonio foi rapidamente dilapidado pela espanhola que se apossou
da nossa distribuição de energia. A espanhola ou a italiana, retaliaram o patrimônio
da nossa Coelce e por exemplo posso ver no terreno que era nosso, da Coelce, na saída
de Sobral para a Serra Grande foi construído um prédio talvez de 10 ou quinze andares.
É o dinheiro das nossas contas de energia elétrica que está enfiada naquela construção
que a italiana acha que é dela e que naturalmente, na irresponsabilidade que caracterizou
a chamada privatização, parece ser.

E o apagão? O apagão já não é o primeiro, tem havido vários, menores do que este de
quarta-feira, mas tem ocorrido com frequência o corte de energia elétrica, algumas vezes
por horas, durante o dia interrompendo as atividades essenciais da cidade. E o dinheiro
das contas de energia elétrica que deveria ter sido usado para diversificar as fontes
de energia, hoje, por exemplo, aqui no Ceará, em que poderíamos estar possivelmente independentes de energia hidrelétrica ou fóssil como a Suécia, enfiada no Polo Norte,
espera em breve ficar.

O dinheiro das contas de energia elétrica, em vez de ser sido usado para
“valorizar” o patrimônio imobiliário da nossa Coelce, e naturalmente, depois seguir
dilapidando-o, transformando em dinheiro para mandar para fora, como eu dizia,
o dinheiro de nossas contas de energia elétrica poderia ter sido usado para construir fontes alternativas de energia elétrica no Ceará rido de Sol. Poderia ter sido usado para
financiar junto às três universidades públicas que estão instaladas em Sobral, estudos para descobrir métodos eficientes para armazenar a energia do dia afim de usá-la de
noite ou mesmo para redistribuir para a rede nacional criando localizações na fonte
de energia elétrica que evitasse a concentração em que vivemos que é possivelmente uma das razões do apagão.

Mas a irresponsabilidade do passado governador que também privatizou as nossas telecomunicações
e por sinal ficando como testa de ferro da mesma enquanto que o grosso do domínio foi
repassado para uma multinacional, não pode prever o caos em que estamos metidos junto
com a concentração de riqueza que a privatização ensejou.

Este é um dos pontos que temos que ferrenhamente exigir quando o nosso país voltar a ser
um país e quando esta ditadura de merda for derrubada: desfazer as privatizações, fortalecer
o núcleo econômico de segurança do Estado formado pelas telecomunicações, energia, transporte,
educação, saúde, previdência e sistema financeiro.

Para que voltemos a ser uma nação e voltemos a sonhar com crescimento econômico para todos
nós.Não esquecendo neste projeto o controle da imprensa que não pode continuar sendo uma
mercadoria do interesse de uma meia dúzia de escrotos sem nenhuma visão de nação e sociedade.

2 pensamentos sobre “O apagão de quarta-feira

  1. Pingback: O apagão de quarta-feira | Matemática em Sobral | BRASIL S.A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.