Sindicatos dos professores das Universidades Estaduais do Ceará na luta por reajuste.

O SINDIUVA CONCLAMA SEUS ASSOCIADOS PARA MANIFESTAÇÃO

Não estamos em busca de aumento, queremos somente a reposição justa da inflação, nada semelhante aos percentuais que os juízes e promotores conseguem se autoalocar assim como os deputados.

Nada disto, queremos apenas que a inflação seja reposta e na data estabelecida pela lei.

Não é justo que o pão, o feijão, o gaz, a energia elétrica que nós pagamos a uma Privada Italiana De Distribuição de Energia aumentem enquanto que o nosso salário permanece estático.

Convidamos a todos(as) que estiverem em Fortaleza a participarem no dia  02/09/2019 (segunda feira)  do  Ato no Palácio da Abolição: “Campanha Salarial Unificada 2019”, concentração a partir de 9 h 00min.

Diretoria do SINDIUVA

Diferença entre uma empresa pública e uma privada

No Brasil tomado pelo golpe ainda podemos ter alegrias quando encontramos um serviço público funcionando bem. Este mes eu errei
e paguei em dobro a conta de água à CAGECE, a Companhia de água e saneamento do Estado do Ceará. Quando eu me dei conta, entrei em contacto por telefone e fui super bem atendido, de noite, 23:00 quando o atendente me informou que eu não precisaria fazer nada porque a CAGECE iria identificar o pagamento feito em dobro e deduziria dele a minha próxima conta.

Até fiquei em dúvida e pedi que ele verificasse a conta, ele me pediu o número do registro do medidor, e em questão de segundos estava ele me dizendo que estava registrado o pagamento em dobro. Eu poderia pedir a devolução num cheque ou deixar para abater da próxima conta.

Foi a CAGECE, a companhia estatal de água e saneamento do Estado do Ceará.

Apenas para comparar, eu passei um ano pagando em dobro à privada telefônica que robou a Teleceará, que era a companhia telefônica do Estado do Ceará. Um ano de pagamento em dobro. Quando me dei contas deu um trabalho miserável para conseguir que ela me devolvesse. Quando reconheceu o erro, e vejam a diferença, a CAGECE já registrou o pagamento em dobro do mes de Agosto, sem que tivesse feito nada, apenas eu entrei em contacto para ficar sabendo que ela já tinha descoberto o pagamento em dobro. A Telemar, mesmo eu tendo feito a reclamação, primeiro tentou desconhecer os pagamentos feitos em dobro durante um ano inteiro e depois queria devolver-me em suaves prestações descontadas na conta telefônica. Foi necessário muito trabalho junto a ANATEL para que finalmente a Telemar me devolvesse, de uma unica vez, o montante recibido a mais como era o meu direito receber.

Uma, CAGECE, uma empresa pública da água do Ceará, a outra uma Privada que se apoderou da nossa empresa pública de telefones do Ceará. Fica o registro para aqueles que insistem em que as privativasões servem para alguma coisa que não sejam os banqueiros ficarem mais ricos.

Viva a empresa pública de água do Ceará.

Apertou a consciência aos generais de piajama?

Com um Bunda Suja de Comandante em Chefe das Forças Armadas e com estas mesmas Forças Armadas transformadas em cúmplice do golpe de estado pela via das eleições fraudadas que os generais sabiam e portanto são cúmplices do crime, e mais do que isto, sacaram das espadas (gracinha, eles ainda pensam fazer guerra de espada e baioneta, tão atrasados, ainda que violentos que são) e baterem com o ferro nas mesas dos togados canalhas e covardes e o resultado é esta loucura de que o incêndio na Floresta Amazônica é apenas um pequeno indício. Gravíssimo o incêndio na Floresta Amazônica, mas a Destruição da Previdência representa outra tragédia para milhões de brasileiros como os incêndios representam uma tragédia para milhares dos membros do Povos Primitivos que habitam a Selva Amazônica, para os animais e para nossas florestas que representam renovação do ar que respiramos. Também torrar nossas empresas estatais, os Correios, a Brasil Distribuidora, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Embrapa e outras, é outro crime igual que foi o crime do fhc quando torrou as nossas empresas de Telecomunicação que hoje enriquecem as Privadas de Telecomunicação ao mesmo tempo que nos deixam com um sistema de comunicações da pior qualidade.

Os Militares de hoje se mostram menos dignos e com menor conhecimento que os militares que geriram o golpe de 1° de abril de 1964 porque aqueles nacionalizaram a Energia Elétrica que antes pertencia à Inglaterra e nossas comunicações que também eram inglesas. Os milicos de hoje nem mesmo compreendem que a Energia Elétrica, a Água e as Comunicações são vitais para a defesa da Nação o que significa defender os nossos Correios contra a prostituição privatista que o Capitão Bunda Suja e seus acólitos querem fazer. Desfazer a destruição da Petrobras, como pilar energético da defesa da Pátria que iniciou, e bode perfeitamente ser desfeito com a entrega do Pré-sal, da Br Distribuidora uma vez que estas ações foram feitas dentro do quadro dum golpe de estado portanto por criminosos que não tinham o poder jurídico para dilapidar o nosso patrimônio.

E de se esperar que os covardes do STF se levantem numa atitude impar para limpar a cara frente ao julgamento implacável que lhes reserva a História. Melhor será tentar corrigir o crime cometido do que seguir a acobertá-lo. É anular todos os atos ilícitos do golpe. Anular as vendas ilícitas de nossas empresas, como a Embraer e a BR-distribuidora. E a razão é bem simples, quem as vendeu não tinha direito de fazê-lo e quem as “comprou” com dinheiro nosso do BNDES, o fez sabendo que estavam fazendo uma compra ilegal. Quem compra artigos roubados é criminoso também. A única saída é corrigir deste o ponto inicial do erro, o impeachment ilegal da Presidente Dilma. Que o STF julgue o pedido que tem arquivado da validade do impeachment da Presidente Dilma concluindo pelo natural que é declará-lo inválido, repor Dilma na Presidência para que ela dirija um novo processo eleitoral sem fraudes. E, é claro, com #LulaLivre no páreo e quem tiver coragem que saia junto com ele para disputar!

Os ministros do STF e também do STJ estão sentindo na pele o que significa um golpe. Durante um golpe ficam destruídas as regras de convivência é quando os Dalagnols da vida geram conluios e criam ameaças para galgar o poder em lugar daqueles que estão acima dele. Durante o golpe desaparecem as regras, a convivência institucional e se estabelece o vale-tudo. A democracia ficou manca as instituições pervertidas e foi golpe com STF e com tudo! Agora, impeachment é um ato falho! Este idiota não foi eleito porque houve uma fraude eleitoral enchendo o Congresso de falsos políticos. Como esperar que este Congresso com estes bolhas eleitos numa fraude eleitoral venha a seguir a lei impedindo este débil mental que está plantado no Palácio da Alvorada? Os generais, mesmo com sua visão curta e voltada para o brinquedo que são as guerras, brinquedo para eles, generais, grande negócio para os piratas do comércio internacional de armas e uma tragédia para os seres humanos, estes generais sentiram agora, com a loucura dos incêndios, que temos um débil mental enfiado e pior que o doente mental são os demais loucos e tarados por dinheiro que funcionam como lacaios do sistema financeiro internacional para destruir a 6ª economia do Mundo, e isto é coisa que os generais infelizmente não entendem porque, tão curtos de conhecimento, ainda são capazes de pensar que a defesa nacional passa pelas espadas que eles carregam a tiracolo. E o buraco é muito mais embaixo, hoje se produzem invasões eletrônicas que podem deixar o país num apagão, muito mais eficiente que bombas, ou invasões econômicas como esta que estamos sofrendo e que os generais não conseguem perceber!

O caso de Celso de Mello e algum dos outros membros do STE é apenas emblemático ao dizer que Bolsonaro transgride Constituição quando também afirmam estarem pensando sobre o caso Lula. Claro que a consciência lhe pesa! Ali em Curitiba está o maior presidente que o Brasil já teve e que transformou a nossa economia na 6ª economia mundial portanto é responsável pelos gordos proventos que os membros do STF recebem e até lhes permite comer um menu especial às custas do orçamento também bem gordinho do STF. Dói-lhe na consciência ter participado do golpe de 2016 para depor uma presidente honesta num simulacro de julgamento nos jogou nas mãos do Vampirão que logo saiu destruindo a economia Brasileira, recriando o trabalho escravo, reduzindo salários, fatiando o Brasil para venda, mas repassou 40 dinheiros para os acanalhados membros que desfilam com a capa preta para dar a impressão que são gente séria e se sentir partícipes duma corte imperial que não existe. E na sequência da venda da consciência por 40 dinheiros tivemos eleições fraudadas, duas na sequência que nos deram a besta que esta de plantão, ou talvez seja o capitão do dia. A destruição prossegue e talvez os acanalhados “juízes” comecem a sentir que quando o Brasil estiver totalmente destruído, com uma economia de colônia, talvez não seja mais possível manter o luxo milionário que os membros do STF representam portanto a consciência começa a doer. Ainda não é tarde!

Ainda não é tarde, mas a única saída é corrigir deste o ponto inicial do erro, o impeachment ilegal da Presidente Dilma. Que o STF julgue o pedido que tem arquivado da validade do impeachment da Presidente Dilma concluindo pelo natural que é declará-lo inválido, repor Dilma na Presidência para que ela dirija um novo processo eleitoral sem fraudes. E, é claro, com #LulaLivre no páreo e quem tiver coragem que saia junto com ele para disputar! Invalidando todas as ações ilegais do golpe, recuperando as nossas riquezas prostituídas pelos golpistas. Retomando a vergonha nacional.

Os lacaios do golpe são canalhas e não sabem o que significa respeito.

Tenho 76 anos, sou um professor aposentado e quase todos os dias, de noite, vou na minha bicicleta para uma praça que fica dentro da Universidade onde me sento, no mesmo lugar, numa mesa da praça, com meu computador onde fico escrevendo os meus livros, os meus artigos os meus programas de computador.

Algumas vezes chego ao local onde costumo sentar-me e tenho o prazer de escutar quem lá está sentado de se levantar e dizer-me que o lugar é meu! Isto é respeito e eu sei que mereço este respeito.

E pergunto, algum de vocês que pariu este golpe tem o direito de de fazer o mesmo? algum de vocês que pariu este golpe tem o direito de de chegar numa praça pública, de bicicleta, para sentar-se simples para ter lazer, como eu faria? Ou de ir a um restaurante, e insisto, sem a companhia de alguns samangos lhes servindo de guarda-costas, teriam esta coragem?

Não se trata bem de coragem, eu não sou nenhum lutador e nem tenho a mínima experiência com lutas de auto defesa, não se trata de coragem e sim de respeito que eu mereço e isto é coisa que vocês que estão golpeando a nossa pátria não merecem, como seus filhos tão pouco irão merecer ou seus netos e ninguém da família de vocês será merecedor deste respeito, deste respeito que eu sou merecedor inclusive de alguns que me conhecem e que tiveram a imbecilidade de votar antipetistamente nas eleições fraudadas de 2018, estes também me respeitam e ficam à distância porque não tem a coragem de se aproximar para apertar-me a mão.

Eu mereço respeito!

Mas não é somente respeito que lhes falta aos lacaios do golpe.

Todos os golpistas, mesmo aqueles que pensam que estão por cima da nata, vão sair perdendo e com certeza já estão perdendo.O capitão bunda suja com boca de esgoto tem um papel diversionista, enquanto ele faz palhaçadas e engana uma grande maioria com suas bobagens, por trás, dentro do golpe, as marionetes do sistema financeiro está destruindo o Brasil, vendendo nosso patrimônio a preço de banana em alguns casos com alguns do golpistas recebendo uma migalha em troca.
1) Todos estamos sentindo como o Banco do Brasil está pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar o Banco do Brasil para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
2) Todos estamos sentindo como a Caixa Econômica Federal está pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar a Caixa Econômica Federal para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
3) Todos estamos sentindo como os Correios estão pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar os Correios para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
4) Todos estamos sentindo como a destruição da Petrobrás está afetando a nossa vida pois agora temos que comprar combustível de terceira, das privadas americanas que não tem o menor compromisso com o bem estar do povo brasileiro. E a Petrobrás é uma marca de luta de mais de 70 anos que se chamava O Petróleo é Nosso com nomes ilustres como é o caso de Monteiro Lobato e muitos, muitos outros patriotas que nos tornaram independentes no caso do petróleo. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
5) A insegurança social nas ruas está aumentando e mesmo os que pensam que estão seguros dentro de carros blindados, se transportando em helicópteros ou vivendo em condomínios de alto luxo cercado de seguranças e com milicianos morando dentro dos condomínios também estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
6) Até 2016, viajar para o exterior era um prazer, nós os brasileiros eramos bem recebidos, eu troquei pacotes de 50 reais em casas de câmbio sem nenhuma discussão ou restrição, o real era a moeda dum país chamado Brasil que era a 6ª economia do mundo com uma reserva de alguns bilhões de dólares herança do governo do PT que agora o débil mental que os escoteiros verde-oliva desovaram em Brasília vai destruir deixando-nos economicamente frágeis mas os generais nada entendem de guerra eco nômia porque ainda pensam que guerra se faz com baionetas. Um país sem a proteção duma reserva em moeda forte como ainda é o dólar, é um país sem proteção e os generais como tem uma formação um pouco superior ao Ensino Médio e o que eles tem a mais é exercícios físicos, sabem montar cavalo e usar o rebenque para ameaçar os outros, ou montar e desmontar um 38 não conseguem entender que a segurança do país vai além das baionetas. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.

E quando o golpe acabar com o Brasil o que é que estes canalhas todos vão dizer para os seus filhos e netos? Sobre tudo para as suas filhas porque as mulheres são inteligentes e enxergam mais longe que os machinhos. Que pena Brasil!

Mas não é somente respeito que lhes falta aos lacaios do golpe. Todos os golpistas, mesmo aqueles que pensam que estão por cima da nata, vão sair perdendo e com certeza já estão perdendo. O capitão bunda suja com boca de esgoto tem um papel diversionista, enquanto ele faz palhaçadas e engana uma grande maioria com suas bobagens, por trás, dentro do golpe, as marionetes do sistema financeiro está destruindo o Brasil, vendendo nosso patrimônio a preço de banana em alguns casos com alguns do golpistas recebendo uma migalha em troca.
1) Todos estamos sentindo como o Banco do Brasil está pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar o Banco do Brasil para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
2) Todos estamos sentindo como a Caixa Econômica Federal está pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar a Caixa Econômica Federal para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
3) Todos estamos sentindo como os Correios estão pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar os Correios para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
4) Todos estamos sentindo como a destruição da Petrobrás está afetando a nossa vida pois agora temos que comprar combustível de terceira, das privadas americanas que não tem o menor compromisso com o bem estar do povo brasileiro. E a Petrobrás é uma marca de luta de mais de 70 anos que se chamava O Petróleo é Nosso com nomes ilustres como é o caso de Monteiro Lobato e muitos, muitos outros patriotas que nos tornaram independentes no caso do petróleo. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
5) A insegurança social nas ruas está aumentando e mesmo os que pensam que estão seguros dentro de carros blindados, se transportando em helicópteros ou vivendo em condomínios de alto luxo cercado de seguranças e com milicianos morando dentro dos condomínios também estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
6) Até 2016, viajar para o exterior era um prazer, nós os brasileiros eramos bem recebidos, eu troquei pacotes de 50 reais em casas de câmbio sem nenhuma discussão ou restrição, o real era a moeda dum país chamado Brasil que era a 6ª economia do mundo com uma reserva de alguns bilhões de dólares herança do governo do PT que agora o débil mental que os escoteiros verde-oliva desovaram em Brasília vai destruir deixando-nos economicamente frágeis mas os generais nada entendem de guerra eco nômia porque ainda pensam que guerra se faz com baionetas. Um país sem a proteção duma reserva em moeda forte como ainda é o dólar, é um país sem proteção e os generais como tem uma formação um pouco superior ao Ensino Médio e o que eles tem a mais é exercícios físicos, sabem montar cavalo e usar o rebenque para ameaçar os outros, ou montar e desmontar um 38 não conseguem entender que a segurança do país vai além das baionetas. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.

E quando o golpe acabar com o Brasil o que é que estes canalhas todos vão dizer para os seus filhos e netos? Sobre tudo para as suas filhas porque as mulheres são inteligentes e enxergam mais longe que os machinhos. Que pena Brasil!

Todos estamos perdendo até mesmo os golpistas.

Todos os golpistas, mesmo aqueles que pensam que estão por cima da nata, vão sair perdendo e com certeza já estão perdendo. O capitão bunda suja com boca de esgoto tem um papel diversionista, enquanto ele faz palhaçadas e engana uma grande maioria com suas bobagens, por trás, dentro do golpe, as marionetes do sistema financeiro está destruindo o Brasil, vendendo nosso patrimônio a preço de banana em alguns casos com alguns do golpistas recebendo uma migalha em troca.
1) Todos estamos sentindo como o Banco do Brasil está pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar o Banco do Brasil para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
2) Todos estamos sentindo como a Caixa Econômica Federal está pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar a Caixa Econômica Federal para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
3) Todos estamos sentindo como os Correios estão pior, claro, o capitão bunda suja está investindo em estragar os Correios para alimentar os imbecis e conseguir que eles reclamem pale privatização deste nosso patrimônio mais do que secular e que é uma marca da brasilidade. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
4) Todos estamos sentindo como a destruição da Petrobrás está afetando a nossa vida pois agora temos que comprar combustível de terceira, das privadas americanas que não tem o menor compromisso com o bem estar do povo brasileiro. E a Petrobrás é uma marca de luta de mais de 70 anos que se chamava O Petróleo é Nosso com nomes ilustres como é o caso de Monteiro Lobato e muitos, muitos outros patriotas que nos tornaram independentes no caso do petróleo. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
5) A insegurança social nas ruas está aumentando e mesmo os que pensam que estão seguros dentro de carros blindados, se transportando em helicópteros ou vivendo em condomínios de alto luxo cercado de seguranças e com milicianos morando dentro dos condomínios também estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.
6) Até 2016, viajar para o exterior era um prazer, nós os brasileiros eramos bem recebidos, eu troquei pacotes de 50 reais em casas de câmbio sem nenhuma discussão ou restrição, o real era a moeda dum país chamado Brasil que era a 6ª economia do mundo com uma reserva de alguns bilhões de dólares herança do governo do PT que agora o débil mental que os escoteiros verde-oliva desovaram em Brasília vai destruir deixando-nos economicamente frágeis mas os generais nada entendem de guerra eco nômia porque ainda pensam que guerra se faz com baionetas. Um país sem a proteção duma reserva em moeda forte como ainda é o dólar, é um país sem proteção e os generais como tem uma formação um pouco superior ao Ensino Médio e o que eles tem a mais é exercícios físicos, sabem montar cavalo e usar o rebenque para ameaçar os outros, ou montar e desmontar um 38 não conseguem entender que a segurança do país vai além das baionetas. Os generais golpistas estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do STF e do STJ estão sentindo, talvez não o reconheçam, mas estão sentido. Os canalhas do Congresso estão sentido, talvez não o reconheçam, mas estão sentido.

E quando o golpe acabar com o Brasil o que é que estes canalhas todos vão dizer para os seus filhos e netos? Sobre tudo para as suas filhas porque as mulheres são inteligentes e enxergam mais longe que os machinhos. Que pena Brasil!

As sociedades científicas e culturais emitiram um grito de dor

Foi um gemido de dor pelo CNPq em que as sociedades culturais se reuniram num manifesto.

E não é somente CNPq, CAPES, INPE, CPF, IMPA que estão em perigo, são todas as Universidades Pública brasileiras e a reposição do orçamento do CNPq não irá salvar as Universidades brasileiras da destruição e muito menos nos salvar, nós professores universitários que estamos morrendo de estresse porque nos tornamos igual que os cientistas do INPE, todos celetistas embora ainda continuem nos chamando de funcionários públicos.

O manifesto assinado por algumas sociedades científicas e culturais brasileiras gemendo pelo sintoma do golpe que é a destruição do CNPq, CAPES, INPE foi apenas um gemido inconsequente.

Preferiam gritar contra o sintoma deixando de lado a doença que o ditador de plantão que obviamente vai ignorar o grito até porque ele já enviou um coronel que pousa de astronauta para mostrar a porta da rua a um cientista porque para o ditador e aqueles que o mantém desmandando e desmatando o Brasil que são os banqueiros e os braços locais dos “ricos”, os lacaios que são “ricos nacionais” que se reúnem no clube que eles chamam de “mercado”. A estes interesse pouco a ciência até mesmo porque ela atrapalha mais do ajuda. A eles interessa o consumismo predatório que está por trás do aquecimento global, do lixo plástico nos oceanos e os cientistas ou devem estar disposto a cooperar ou são simplesmente inúteis.

O problema é o falso impeachment e a derrubada da Dilma e a grande maioria dos membros das sociedades científicas tem a doença do antipetismo que os impede de compreender que de 2003 a 2014 o Brasil se tornou a 6ª economia do Mundo o que tornou possível a vacina contra o zica, para mencionar um feito da ciência brasileira porque do contrário eu terminaria por montar um dicionário de avanços tecnológicos que somente foram possível porque o Brasil ainda tem uma reserva de alguns bilhões de dólares que se encontra por trás da vacina do zica e quem não entender isto é porque faz parte do problema, quero dizer do golpe.

Pedir que a ditadura militar que reponha o orçamento do CNPq, CAPES, INPE é brincadeira porque o idiota que se encontra de representante da ditadura militar-financeira nem mesmo entende o que estas siglas significam. Se as sociedades científicas e culturais agissem politicamente o que é uma forma científica de fazer, se juntariam ao clamor que nós estamos fazendo para o golpe fosse desfeito, que Dilma fosse resposta na Presidência da República, que as eleições fraudadas fossem anuladas, que o prisioneiro político que tornou o Brasil a 6ª economia do mundo e que teria sido eleito novamente presidente não fosse o uso do judiciário com fins políticos, seja solto e possa concorrer às eleições junto com quem queira concorrer com ele e que os cientistas brasileiros votem em quem bem lhes interessar, seja Alkimin, Doria, Serra ou possivelmente o fhc mas que eu tenha o direito de voltar em Lula, eu que estive na oposição acompanhando o meu sindicato, a ANDES e que apenas não acompanhei a ANDES no seu silêncio criminoso facilitando o golpe.

E não é somente CNPq, CAPES, INPE, CPF, IMPA que estão em perigo, são todas as Universidades Pública brasileiras e a reposição do orçamento do CNPq não irá salvar as Universidades brasileiras da destruição e muito menos nos salvar, nós professores universitários que estamos morrendo de estresse porque nos tornamos igual que os cientistas do INPE, todos celetistas embora ainda continuem nos chamando de funcionários públicos.

Que estas sociedades saiam do gemido e venham para a luta para que democracia seja reestabelecida.

Em Defesa dos Recursos do CNPq e Contra a Sua Extinção

Nós, entidades científicas e instituições de ensino e pesquisa, pesquisadores, professores, estudantes, técnicos, empresários, profissionais liberais, trabalhadores, cidadãs e cidadãos brasileiros que se preocupam com o desenvolvimento científico e tecnológico do Brasil, nos dirigimos às autoridades máximas do País e aos parlamentares do Congresso Nacional, por meio deste abaixo-assinado, em defesa de recursos adequados para o Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico – CNPq e contra a sua extinção.

Manifestamos grande preocupação diante da grave situação orçamentária e financeira do CNPq, que coloca em risco décadas de investimentos em recursos humanos e na infraestrutura para pesquisa e inovação no Brasil. A comunidade científica tem alertado há meses, sem sucesso, o Governo Federal e o Congresso Nacional para o déficit de R$ 330 milhões no orçamento do CNPq em 2019. Se esta situação não for rapidamente alterada, haverá a suspensão do pagamento de todas as bolsas do CNPq a partir de setembro deste ano. Este fato, se concretizado, colocará milhares de estudantes de pós-graduação e de iniciação científica, no país e no exterior, em situação crítica para sua manutenção e para o prosseguimento de seus estudos, além de suspender as bolsas de pesquisadores altamente qualificados em todas as áreas do conhecimento. Em função dos drásticos cortes orçamentários para a Ciência, Tecnologia e Inovação, já se observa uma expressiva evas o de estudantes, o sucateamento e o esvaziamento de laboratórios de pesquisa, uma procura menor pelos cursos de pós-graduação e a perda de talentos para o exterior. Este quadro se acelerará dramaticamente com a suspensão do pagamento das bolsas do CNPq.

O CNPq tem sofrido, ainda, uma forte redução nos recursos de custeio operacional e séria limitação em seu pessoal técnico. Isto gera dificuldades crescentes na manutenção de seus programas e atividades, que são essenciais para o Sistema Nacional de CT&I. Criado em 1951, o CNPq tem sido um vetor fundamental para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia e, também, para a economia do País. O impacto positivo da pesquisa científica brasileira, nos diversos campos da atividade econômica e nas políticas públicas do País, é evidenciado por inúmeros casos de sucesso, como na saúde pública (por exemplo, a prevenção e controle do Zika), no enorme crescimento na produção de grãos, em particular a soja, em inúmeras inovações que melhoram a qualidade de vida dos brasileiros e na descoberta e exploração do Pré-sal. A nação não pode perder este patrimônio construído ao longo de décadas pelo esforço conjunto de cientistas e da sociedade brasileira.

Queremos a recomposição imediata do Orçamento do CNPq, em 2019, com um aporte suplementar de recursos da ordem de R$ 330 milhões para que ele possa cumprir os seus compromissos deste ano, em particular no pagamento das bolsas.

Conclamamos as instâncias decisórias do Executivo e do Legislativo Federal a reverterem imediatamente este quadro crítico de desmonte do CNPq e a colocarem também, no Orçamento de 2020, os recursos necessários ao funcionamento pleno do CNPq.

Consideramos inaceitável a extinção do CNPq, como sinaliza este estrangulamento orçamentário e uma política para a CT&I sem compromisso com o desenvolvimento científico e econômico do País e com a soberania nacional.

Assine a petição #somostodosCNPq

Esta petição tem apoio das seguintes entidades científicas e acadêmicas brasileiras:

Academia Brasileira de Ciências (ABC)
Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES)
Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (CONFAP)
Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (CONFIES)
Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF)
Fórum Nacional de Pró-reitores de Pesquisa e Pós-graduação (FOPROP)
Rede Brasileira de Cidade Inteligentes & Humanas
Associação Brasileira de Antropologia (ABA)
Associação Brasileira de Ciência Ecológica (ABECO)
Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP)
Associação Brasileira de Cristalografia (ABCr)
Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN)
Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO)
Associação Brasileira de Estudos Populacionais (ABEP)
Associação Brasileira de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias (Esocite.BR)
Associação Brasileira de Física Médica (ABFM)
Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN)
Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC)
Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas (ABRAPCORP)
Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor)
Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO)
Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI)
Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP)
Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED)
Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR)
Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia (ANPOF)
Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído (ANTAC)
Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (COMPÓS)
Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas da Comunicação (SOCICOM)
Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FeSBe)
Sociedade Astronômica Brasileira (SAB)
Sociedade Botânica do Brasil (SBB)
Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas (SBCPD)
Sociedade Brasileira de Automática (SBA)
Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares (SBBN)
Sociedade Brasileira de Biofísica (SBBf)
Sociedade Brasileira de Biologia Celular (SBBC)
Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular (SBBq)
Sociedade Brasileira de Computação (SBC)
Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ECOECO)
Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM)
Sociedade Brasileira de Eletromagnetismo (SBMAG)
Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC)
Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (SOCINE)
Sociedade Brasileira de Farmacognosia (SBFgnosia)
Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental (SBFTE)
Sociedade Brasileira de Física (SBF)
Sociedade Brasileira de Fisiologia (SBF)
Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal (SBFV)
Sociedade Brasileira de Genética (SBG)
Sociedade Brasileira de Geofísica (SBGf)
Sociedade Brasileira de Geologia (SBG)
Sociedade Brasileira de História da Ciência (SBHC)
Sociedade Brasileira de História da Educação (SBHE)
Sociedade Brasileira de Ictiologia (SBI)
Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI)
Sociedade Brasileira de Inflamação (SBIn)
Sociedade Brasileira de Matemática (SBM)
Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC)
Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT)
Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas (SBMP)
Sociedade Brasileira de Microbiologia (SBMicro)
Sociedade Brasileira de Microeletrônica (SBMicro)
Sociedade Brasileira de Microondas e Optoeletrônica (SBMO)
Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise (SBMM)
Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNEC)
Sociedade Brasileira de Paleontologia (SBP)
Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMAT)
Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional (SOBRAPO)
Sociedade Brasileira de Psicologia (SBP)
Sociedade Brasileira de Química (SBQ)
Sociedade Brasileira de Recursos Genéticos (SBRG)
Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS)
Sociedade Brasileira de Telecomunicações (SBrT)
Sociedade Brasileira de Toxinologia (SBTx)
Sociedade Brasileira de Zoologia (SBZ)
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
Sociedade Científica de Estudos da Arte (CESA)
Sociedade de Arqueologia Brasileira (SAB)
União Latina de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (Ulepicc-Brasil)