O teorema de Pitágoras pode ser falso

Deixe-me começar com um exemplo, ou uma pergunta: você considera que
o teorema de Pitágoras seja uma verdade, ou verdadeiro? Afinal ele é ensinado nas escolas, talvez ainda seja falado no ensino fundamental que quando eu comecei a estudar era o primário. Ele estabelece uma regra para determinar-se se um triângulo com lados a,b,c em que c é o maior lado, seja um triângulo retângulo, certo?

Então numa casa se levanta, dum lado uma coluna perpendicular ao solo. Para fazê-lo os pedreiros não usam esquadros, eles preferem usar o prumo que é um peso preso a um cordão passando pelo furo dum cubo, que devido à
força da gravidade força que o fio fique na perpendicular. Então eles copiam a direção do fio para construir uma parede ou uma coluna.

Na figura você pode ver uma estrutura que foi montada por um engenheiro recém formado que mandou o
pedreiro montar as quatro colunas e a viga num molde que ele havia mandado construir no chão para depois fazer a montagem da casa mais rapidamente, uma tentativa de construção pré-moldada. O pedreiro achou estranho que ele
insistia falando do teorema de Pitágoras a partir do qual calculou meticulosamente as caixas de moldagens para colunas e vigas. Depois com um guindaste foi colocando as peças no lugar mas a viga não encontrou sustentação
entre as duas colunas tudo calculado com o teorema de Pitágoras.

Esta é uma história inventada, e as construções pré-moldadas existem e funcionam, mas as peças não são calculadas com teorema de Pitágoras porque a geometria da superfície da Terra não é a geometria euclidiana que tem o teorema de Pitágoras por base. As colunas que foram colocadas perpendicularmente ao solo, não são paralelas entre si, e
numa pequena construção a diferença é muito pequena a ponto de que se possa usar o teorema de Pitágoras com segurança. Porque a Terra é redonda, a Terra não é plana, e o teorema de Pitágoras não é verdadeiro para
a geometria da Terra. Então o teorema de Pitágoras é falso?

Nel cuore della notte, la sonata rottura delle pietre. Da Votorantim

Hoje no começo da noite, segunda-feira, 23 de março de 2021, 21:30, eu estava começando sono reparador frente ao genocídio com uma brisa agrádavel entrava pela janela quando a Sinfonia das Pedras Quebradas com que Votorantim frequentemente nos brinda, entrou no ar. Fechei a janela, perdi o direito a respirar um ar fresquinho, coloquei um travesseiro sobre as orelhas, me virei e felimente dormi novamente. 

Talvez, desta vez, a  Sinfonia das Pedras Quebradas perdure por toda a noite e me acorde várias vezes incomodado com o ruído que criminosa Votorantim faz noite
a dentro. Afinal estamos apenas começando a noite. Como está fazendo hoje, segunda-feira, 23 de março começou 21:30 e já passa de 22:00 que é horário de silêncio noturno, mas a Votorantim pode perturbar com barulho a noite toda. 

Mas é CRIME e a prefeitura de Sobral é cúmplice deste crime! É um crime e um terrível mau gosto, pois tem música melhor para brindar quem estiver dormindo nas madrugadas. 

E a Prefeitura de Sobral é leão para cima de nós cidadãos mas é tchuchuca com a Votorantim, e eu lhes digo porque. Este ano, 2020, a Prefeitura me cobrou o IPTU de 2017 que eu não havia pago. Eu verifiquei os meus papeis e de fato, faltava-me o comprovante deste pagamento. Eu vivo e Sobral a 20 anos e nunca deixei de pagar o IPTU e nem mesmo fiquei atrasado no pagamento. Entrei em contato com a Secretaria de Finanças do Município pedindo que retirassem as multas e os juros e justifiquei, certamente foi erro da Prefeitura que não me fez chegar à casa o carnet de pagamentos, como nos demais anos, 2018, 2019, 2020 e os anteriores a 2017, todos. Não teve jeito, tive que pagar com juros. A prefeitura se recusou a retirar os juros apesar de que eu tenha mostrado que provavelmente, não posso ter certeza, pela minha história, deve ter havido um erro na cobrança de 2017. 
Mas a Votorantim, de quem eu reclamo seguidamente e a prefeitura recebe cópia de minhas reclamações, pode seguir poluindo o ar de Sobral IMPUNEMENTE. Com a Votorantim, a prefeitura é tchuchuca, comigo é leão. 

E hoje, segunda-feira, 23 de março de 2021, foi mais um dia em que o crime foi cometido. 

No dia 21 de novembro de 2020, também. um sábado em que eu esperava dormir um pouco mais, fui acordado de supetão por nova edição da Sinfonia de Pedras da Votorantim, 05:38 da minha madrugada do sábado, dia 21 de novembro.

É injusto que a Votorantim possa fazer conosco aquilo que ela queira, nos incomodar dentro do horário do sono de muitos de nós, lançar para o alto a poeira que emporcalha as nossas casa, e os nossos pulmões. É injusto que aqueles que lucram e exploram o meio ambiente, possam também fazer o mal impunemente a toda uma população.

E somos todos que os alvejados pelo lixo que a Votorantim joga para cima, quem pensa que se livra da sujeira porque usa ar condicionado, se engana. O ar condicionado, que eu deixei de usar por causa da Votorantim, filtra mas deixa passar o que há de pior que as micropartículas, exatamente estas partículas contra as quais as nossas defesas orgânicas, a defesa natural dos pulmões, têm menos possibilidades de detectar e jogar fora. 

A Votorantim está matando a população de Sobral e a prefeitura se omite na verificação desta denuncia que eu repito frequentemente.

Há cerca de 13 anos que luto contra a sujeira que a Fábrica de Cimento da Votorantim faz em Sobral.  Mas já faz algum tempo que parei de gritar porque algumas pessoas chegaram a me chamar de Dom Quixote, o personagem de Cervantes. Eu estaria atacando moinhos de vento então parei um pouco de lutar. Mas desde  sábado, dia 31 de outubro, por volta de 3:30 horas da madrugada, acordei-me com um forte barulho, da fábrica moendo pedras decidi-me a retormar a luta.  A moagem durou cerca de meia hora e estava agindo em desrespeito a lei do silêncio, registrei o ruído apontando com o celular na direção da fábrica e alterando a direção quando observa que a intensidade do ruído diminuía numa comprovação de que o barulho vinha de fato da fábrica.

Mas agora a Fábrica resolveu colocar a Sinfonia das Pedras Quebradas no ar, nas madrugadas. A primeira que vez que observei foi no dia 31 de outubro, por volta de 3:30 horas da madrugada. No dia 13 de novembro,mas agora em outro horário, porque a Votorantim é esperta, sempre muda os  horários em que ela nos ataca, 
sempre espera nos pegar desprevenidos, no dia 13 de novembro foi 01:18, é, no começo da madrugada que ela vei nos atacar com a Sinfonia das Pedras Quebrando.

Eu vivo a cerca de 500 metros da Fábrica de Cimento da Votorantim, em Sobral e desde 2007 que vivia postando informações sobre a sujeira que fábrica lança no ar. 

Consegui uma pequena vitória, a Fábrica deixou de jogar sujeitas ostensivamente durante o dia, e montou um filtro em cima da estrutura, mas durante a noite, sem que possamos fotografar, ela deve usar processamento reverso e limpar o filtro no ar porque continuamos tendo um ar com uma grande quantidade de cimento.

Era bom que o prefeito de Sobral se lembrasse que ele também tem pulmão e que a poeira de cimento fica pairando no ar e entra em toda parte, mesmo nos aparelhos de ar condicionado, coisa que eu não uso há muito tempo porque eu tive um que ficou destruido pela poeira da Votorantim e cheguei à conclusão que fico menos atingido se não forçar a ventilação para dentro de casa.

E o ruído da sinfonia das pedras quebrando!

Mais outro episódio da sinfonia das pedras quebrando pelos maestros da Votorantim
Mais outro episódio da sinfonia das pedras quebrando pelos maestros da Votorantim


https://tarcisio.wordpress.com/2020/12/04/outro-episodio-da-sinfonia-das-pedras-quebrando-pela-votorantim/

Outro episódio da Sinfonia das Pedras Quebrando pela Votorantim

https://tarcisio.wordpress.com/2020/12/04/outro-episodio-da-sinfonia-das-pedras-quebrando-pela-votorantim/


segunda-feira, 23 de março , novo episódio da Sinfonia das Pedras Quebrando pela Votorantim

segunda-feira, 23 de março , novo episódio da Sinfonia das Pedras Quebrando pela Votorantim

Aos 77 anos, estou vacinado e não sou um fura filas

Eu moro em Sobral, no interior norte do Estado do Ceará. Tenho 77 anos, quase chegando nos meus 78 anos. Hoje eu tive acesso a vacina, e foi o Prefeito Ivo Gomes que organizou a vacinação
no Município de Sobral consonante com o Programa Nacional de Vacinações que foi organizado pelos Governadores do Nordeste.

Recebi a primeira dose da vacina chinesa produzida pelo Instituto Butantã, um Instituto de Pesquisas Público de São Paulo, pioneiro junto com a Fundação Osvaldo Cruz do sistema de Saúde Pública do Brasil. Duas instituições públicas que são marcadas sucessos significativos do nosso sistema de saúde, nenhuma das duas traz no peito medalhas e nem macarrões grotescos, mas todas duas são reconhecidas e respeitadas em todo o Brasil e Mundo afora. Eu escreveria um dicionário se fosse descrever a lista dos feitos destas duas instituições públicas.

Chegou hoje a minha vez, não furei a fila. Ontem veio à minha residência uma oficial da saúde do Município de Sobral entregar-me a mim e à minha esposa uma ficha personalizada em que estava marcada a hora e o local da vacinação. Já estamos com nossas fichas de segunda dose preenchidas e com data marcada para recebê-la.

Cheguei ao local da vacinação para deparar-me com uma fila de aproximadamente um quilômetro de carros. Certamente havia fura filas mas eu não pude verificá-lo e simplesmente entrei no fim da fila. Quando chegamos aproximadamente à metade do percurso de fila, encontramos uma patrulha da Polícia Militar do Município de Sobral a quem abordei explicando ao solado que me atendeu muito cortesmente, se não haveria fula filas, mostrando-lhe a minha ficha de convocação para vacina marcada para 9:30 quando naquele momento já passava de 10:30 o que para mim era uma clara prova de que havia fura filas.

Observei ao soldado municipal que bastava interpelar cada carro pedindo que lhe fosse exibida a ficha de convocação, e que na ausência desta fosse os ocupantes junto com o carro dirigidos para o fim da fila deixando que aqueles que convocados com hora marcada passassem à frente. Fazer isto seria uma forma educativa de enfrentar a falta de educação que é uma doença maligna que nos afeta do fura filas. E dirigir os fura filas para o final da fila seria uma medida educativa, sem tirar-lhe o direito à vacinação pois certo haveria doses suficientes para atender a todos mantendo o direito à prioridade que foi instituída pelo Sistema Nacional de Vacinações.

Queria deixar claro que não estou reclamando por ter perdido o acesso ao meu direito de vacinação. Fui vacinado muito depois da hora que foi marcada para mim, exatamente porque pessoas mal educadas, os golpistas de sempre, avançaram tomando a frente e conseguindo ser vacinados fora da ordem de prioridades, quando certamente teria sido vacinados, senão ainda hoje, mas dentro em breve. Mas sobretudo, respeitando a organização que foi pensada e que foi assim estudada para que a quantidade de doses fosse sendo distribuídas respeitando as prioridades. Primeiro o pessoal da saúde, depois do professores, em seguida os mais idosos, enfim uma ordem que foi estabelecida e que eu pessoalmente não conheço porque fiquei aguardando que chegasse a minha vez.

O local da vacinação, em Sobral, hoje, sábado, 20 de março de 2021, foi o pavilhão didático da Universidade Estadual Vale do Acaraú e certamente a Prefeitura de Sobral estabeleceu contacto com a administração da UeVA para usar este local. O local foi muito bem escolhido mas foi tremendamente mal utilizado. O referido pavilhão é grande porque abriga salas de aulas de todos os cursos do Campus Betânia da UeVA. No primeiro andar tem quatro salas de aulas muito grandes e ao final do corredor tem dois sistemas de sanitários separados, masculino e feminino. Mas o pessoal trabalhando na vacinação estava trabalhando do lado de fora, na calçada externa do pavilhão didático que estava com sua porta central, uma porta larga que dá acesso ao pavilhão pela metade portanto oferece acesso para direto para duas das salas que ficam na frente e para as duas salas que ficam do outro lado e finalmente para os dois sistema de sanitários. Toda esta infraestrutura ficou fora de uso.

Eu furei a fila, na verdade sem a intenção de fazê-lo, acontece que tanto eu quanto minha esposa no vimos acometidos de uma forte necessidade urinária e pedi ao meu filho que estava ao volante do carro que saísse da fila, avisasse ao condutor do carro de trás o que se estava passando e que sairíamos para retornar ao nosso lugar na fila. Como eu sabia do pavilhão didático, e inclusive imagina que seria lá que estaria se dando a vacinação, indiquei ao meu filho que fosse cuidadosamente enfrentando o trânsito até chegar ao portão de entrada do Campus Betânia onde formos abordados por um policial municipal de Sobral que nos permitiu a entrada fora da fila para aceder a um banheiro, o que fizemos, e somente o fizemos porque eu sabia por onde entrar por um acesso privilegiado ao bloco didático, eis que sou professor aposentado da Ueva. E por minha causa algumas das valiosas trabalhadoras da saúde descobriram onde ficavam os sanitários e certamente depois de mim, também passaram a usá-los. Quando resolvi a minha urgência urinária junto com minha esposa, ela também no auge dos seus 77 anos, e nos dirigiríamos de volta para o carro para retornar ao nosso lugar na fila, fomos interpelados pelo uma agente da saúde, que verificando que estávamos dentro do momento que nos cabia para ser vacinados, 9:30 quando o relógio marcava 11:30, então nos chamaram para ser vacinados imediatamente sem ter que retornar ao nosso ponto na fila de carros, o que aceitamos, exatamente porque não somos fura filas e estamos no momento que nos era justo de ser vacinados.

Aproveito para sugerir à Prefeitura de Sobral que acerte com a Administração da UeVA para fazer um uso mais adequado do Pavilhão Didático do Campus Betânia da UeVA, tanto para melhor acomodar os agentes como também as pessoas que chegarem ali para ser vacinadas. Fazer uso das quatro salas de baixo e há mais quatro salas no segundo andar, junto com fazer uso do sistema de sanitários que fica ao final do corredor. Naturalmente seria necessário destacar funcionários para manter limpos os sanitários. Eu fiz uso do sanitário, dei descarga, porque eu costumo trazer papel higiênico comigo ou com frequência ando de luvas. Não fosse isto eu teria deixado o sanitário sujo porque não iria colocar a minha mão no botão de descarga sem a devida proteção.

Termino agradecendo ao Prefeito de Sobral, Ivo Gomes, pelo excelente trabalho que vem fazendo à frente da Prefeitura, enfrentando reclamações indevidas de “oponentes” que perderam as eleições e não sabem ter um comportamento ético e civilizado. Eu pessoalmente não me qualificaria como um correligionário político de Ivo Gomes e talvez ele saiba que eu não o sou, mas somente posso parabenizá-lo pelo seu trabalho absolutamente impecável à frente da Prefeitura, em particular no momento trágico que o nosso país está vivendo devido à falta de governo federal.

O raio e a tangente são perpendiculares no círculo

Há conceito com os quais a gente convive e aceita sem discussão, este do titulo é um deles assim como outro relacionado que é da orientação positiva no círculo trigonometrico ser o anti-horário. Os dois saem fácil calculando a derivada implícita e depois aplicando a fração de Leibniz que não é nenhuma fração mas que funciona como se fosse e está ligada a uma praga dos cursos de Cálculo que são os infames infinitésimos.

Há várias demonstrações que encontrei na Internet, todas semelhantes a que encontrei na khanacademy usando que o comprimento do segmento de reta que parte dum ponto para uma reta, perpendicularmente, é a distância do ponto à reta e logo que o raio é perpendicular à tangente,

Mas esta “demonstração” se aplica a qualquer curva diferenciável e convexa entre as quais o círculo é única porque o centro é o ponto equidistante da curva convexa que é a sua fronteira e isto é a definição do círculo. Então não há o que demonstrar nesta propriedade, ela é a própria definição do círculo. Aproveitei para falar variedades, hiperplanos e chego na expressão do
raio tangente à esfera.

A velha Inglaterra que se pensa reino unido vai aumentar o estoque de armas atômicas

Tem inglês morrendo de fome, sem casa para morar e sem poder ir para Universidade porque as universidades inglesas são pagas. Mas Inglaterra vai aumentar o estoque atômico apesar da crise econômica em que ela está vivendo.

Global Zero Condemns UK Plans to Increase Stockpile Cap by Over 40 Percent

FOR IMMEDIATE RELEASE: Tuesday, March 16

Today, the United Kingdom released its Integrated Review of Security, Defence, Development, and Foreign Policy, announcing it will increase the cap on its nuclear stockpile by over 40 percent, from 180 warheads to 260. The report also states the UK will no longer provide information about the size of its stockpile or its deployment, embracing deliberate ambiguity in its nuclear strategy. The two dangerous moves increase the risk of nuclear escalation and undermine global security.
In response to the review, Derek Johnson, CEO of Global Zero, the international movement for the elimination of nuclear weapons, issued the following statement:


It appears the British government’s answer to the challenges of the day – a devastating public health crisis, economic crisis, and climate crisis – is to double-down on weapons of mass destruction and nuclear war-fighting. This is Brexit, but with nukes: a self-defeating and dangerous move that lacks strategic rigor and ignores the lessons of history. More nuclear weapons does not mean more security.

“The UK’s plans to dramatically increase its arsenal cap will increase instability and the risks of nuclear use. As a depository state of the 1968 Nuclear Non-Proliferation Treaty (NPT), the UK is legally committed to pursue good faith measures to end the arms race and move toward general and complete disarmament. Today’s announcement is clearly inconsistent with that obligation and undermines its global standing and role in reducing nuclear dangers.

“This move flies in the face of decades of commitment to nuclear reductions and explicitly rejects commitments made in order to secure the permanent extension of the NPT in 1995. It is devoid of any logical justification, relying instead on nebulous claims that new threats require new nuclear weapons. Worse, the additional decision to more fully embrace nuclear ambiguity – when all reliable evidence shows that ambiguity can fuel escalation and nuclear crises – will make the world and the UK’s allies less safe. It is exactly the wrong thing to do.


“Today’s announcement reflects an alarming trend among nuclear-armed states at a time when leadership in nuclear arms control is severely lacking. Despite recently extending the last remaining restrictions on their arsenals, Russia and the United States, which hold 90% of the world’s nuclear stockpile, continue to pursue plans for expensive new weapons. China, India, and Pakistan are expanding their arsenals. And while embarking on these programs, each state cites the other’s plans as a means to justify their own. Years of stalled progress toward nuclear disarmament are giving way to blatant arms racing.

“Russia and the United States need to reinvigorate arms control efforts and get back to the table to negotiate another round of nuclear reductions. In addition, all nuclear-armed states must commence talks to address the unacceptably high risk of nuclear use and concrete steps each can take to mitigate those risks. The best way to address emerging threats is through diplomatic engagement, not more nuclear weapons.

“As the world continues to grapple with a devastating pandemic – an event that has exposed the widening gulf between state’s national security priorities and what actually keeps us safe – governments are choosing to invest billions in destabilizing weapons that increase the risk of nuclear use. We can and must do better.”

# # # Global Zero is the international movement for the elimination of nuclear weapons. It is led by more than 300 eminent world leaders and backed by a half a million citizens worldwide. For more information, please visit www.globalzero.org.

Nazanin Zaghari-Ratcliffe is a British-Iranian mother

Nazanin Zaghari-Ratcliffe is a British-Iranian mother who was unfairly convicted on trumped up charges and unjustly imprisoned while on holiday in Iran. She has been held in Iran for over four and half years, away from her husband and young daughter. 

Last weekend saw Nazanin reach the end of her unjust five-year sentence. The ankle tag she had been forced to wear, limiting her to within 300 metres of her parents’ home, was removed. However, today she is required to attend court again to face another baseless charge that could see her spend even more years in prison. We desperately need your help to fight for her freedom.

The UK government must step up their efforts to secure Nazanin’s freedom and bring her safely home to her family.

Três anos de impunidade que estimulam os criminosos a seguir matando

Na sexta-feira, fomos até o Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro, no Ministério Público do Estado do Rio e em outros lugares marcantes na luta por justiça pela morte de Marielle e Anderson. Não fomos sozinhos! Pessoas da Argentina, Chile, México, Marrocos, Angola, Zimbábue, Suécia, Irlanda, Taiwan, Mongólia, Nova Zelândia…. Gente do Brasil inteiro esteve com a gente! Nossas vozes ecoaram pelas ruas cariocas. Nossa mobilização nacional e internacional gerou reações e conseguimos, finalmente, um encontro entre as famílias de Marielle e Anderson e o governador em exercício do Rio de Janeiro e o Procurador Geral da Ministério Público do Rio de Janeiro.  

Saber quem mandou matar Marielle e a motivação do crime é um passo essencial para que o Estado demonstre que violações e ataques contra defensoras e defensores não são toleráveis e serão punidos. Combater a impunidade é importante para assegurar proteção e justiça para as centenas de defensoras de direitos humanos que colocam em risco suas vidas para que nós e nossas futuras gerações possamos viver em um mundo mais digno.  
Marielle é uma dessas mulheres. Marielle é um pouco dessas mulheres, e essas mulheres são um pouco Marielle. Eu sou porque nós somos!
Neste dia 14 de março, dia em que se completam TRÊS ANOS desde que a vida de Marielle Franco foi brutalmente interrompida, vamos reafirmar a importância do seu legado e da vida de tantas mulheres que lutam, corajosamente, por um mundo melhor.  

Clique no vídeo abaixo, inspire-se e compartilhe nas suas redes com a hashtag #EuDefendoAsDefensoras. 

http://go.pardot.com/e/604981/p-CMZmj7rA5fi-/41xpw/188559606?h=creG4ADTU_rH_9GtY5FOvoIY76kTSH7YVMHycWV1BR0

Usando o LaTeX com auxílio de minha distribuição LinuX

Eu poderia lhe apresentar mil razões para usar LaTeX mas nem vou explicar-lhe o que é esta coisa. Basta que você faça uma pesquisa, e sugiro que use o pato, DuckDuckGo em vez da puta multinacional, que pesquisa também a sua vida, e você vai encontrar milhares de textos lhe explicando o que é o LaTeX.

Mas, resumidamente, LaTeX que veio do TeX, é um sistema para produzir textos que foi criado pela Donald Knut na década de 70 para escrever livros com grande beleza editorial. Ele pensava em Matemática, mas serve hoje até para escrever música, ou textos simples, mas elegantemente formatados. Leia a respeito e se convença que vale a pena. Esta história do LaTeX está muito resumida, pesquise a respeito para ver que beleza de história que é dum dos primeiros exemplos de programa de domínio público feito numa época em que estava começando a nascer a ideia de código livre.

Aqui quero lhe dar um exemplo simples porém o mais importante é o uso que vou apresentar dum comando do Bash que é o programa que roda em cima do kernel do LinuX que é o que todos usamos apesar de ter muita gente que diz que usa LinuX, quando na verdade está usando Bash ou então uma forma mais avançada que é Xwindows o ambiente gráfico que esconde o Bash. Quem usa os terminais, usa Bash.

Mas deixa para lá a introdução e vamos ao que interessa. Eu produzi a seguinte lista de itens

\begin{itemize}

\item Variedade, o conceito que nos libera da prisão tridimensional em que a

Geometria Euclidiana nos encerra.

\item Dimensão

\end{itemize} %%%————————————-

E dei-me contas que a lista não estava na ordem alfabética. Neste caso a coisa é simples, foi apenas uma troca de dois itens. Se fosse 200, 2000, 20000, ou mais itens, eu pegaria este texto e o enfiaria num editor de textos para eliminar a troca de linhas entre os itens e então ficaria assim a lista de itens inicial

\item Variedade, o conceito que nos libera da prisão tridimensional em que a Geometria Euclidiana nos encerra.
\item Dimensão

Observe que eu eliminei os comandos do LaTeX que abrem e fecham o ambiente de lista e me concentrei exclusivamente com a lista de itens.

Aqui tem apenas duas linhas, mas poderiam ser 200, 2000, 20000 ou mais. Gravaria o texto e usaria agora o comando sort que é nativo das distribuições Linux, é um comando do Bash.  Suponha que eu tenha gravado no arquivo  itens.txt então, na linha de comandos, num terminal da minha distribuição Linux, eu executaria
sort itens.txt >  itens2.txt

mv itens2.tx itens.txt 
e estaria com o arquivo itens.txt colocado em ordem alfabética. Bastaria envolvê-lo com os comandos de abertura e fecho do ambiente ‘itemize’  o \begin e o \end , que se encontram acima,  para ter a lista de itens apresentável na ordem alfabética.

Deixe-me explicar os dois comandos do Bash.

O sort e quem faz a ordenação e aqui eu usei na forma mais simples porque ele pode ser bastante complexo aceitando bandeiras que alteram o seu comportamento para fazer distintas formas de ordenação. Neste caso ele faz apenas ordenação alfabética. Mas ele ordena o arquivo e lhe mostra na tela o arquivo ordenado. Então eu usei o direcionador ‘>’ que aponta para onde deve ir o resultado da execução do sort. E mandei o resultado para o arquivo itens2.txt. Na outra linha executei o comando mv que recebe dois parâmetros, dois nomes de arquivos, move o primeiro para o segundo. Então eu movi itens2.txt para itens.txt.

Depois basta acrescentar antes \begin{itemize} e no final \end{itemize} e enfiar no texto, rodar LaTeX para ter no texto a lista de itens ordenada alfabeticamente.

Com prática a gente pode fazer algumas maravilhas, usando editores de texto que são ‘puros editores de texto’ podemos arrumar o texto do forma como precisarmos para lhes aplicar comandos do Bash e reformá-los para uso no LaTeX. Os editores de texto chamados de ‘puro texto’ ou ainda editores para programação, que apenas tratam de texto puro, sem comandos de formatação de texto como é o caso broffice, libreoffice, podem ser usados para mexer nos textos de distintas formas. O editor que eu costumo usar, joe, permite-me organizar o texto por colunas, por blocos de colunas, por exemplo. Com ele eu possa facilmente alterar uma tabela de dupla entrada reorganizando as colunas da tabela. E podem ter 200, 2000, 20000 linhas! Coisas impossíveis de serem feitas com a classe de editores do tipo libreoffice. Depois é só enfiar no LaTeX para obter um texto na classe editorial.

Se eu a tiver convencido a entender o que é LaTeX e passar a usar LinuX, então eu terei atingido o objetivo deste artigo.

Os heroicos negros americanos comemoram 56 anos hoje

Há 56 anos, no dia de hoje, Martin Luther King, Jr. estava puxando a histórica marcha através do Alabama, de Selma até Montgomery. Ele não estava apenas dizendo a verdade para os poderosos, ele junto com os seus companheiros de marcha estavam chamando atenção de toda a nação americana para o direito de voto.

Fifty-six years ago today, Martin Luther King, Jr. led a heroic march through Alabama, from Selma to Montgomery. He didn’t just speak truth to power — he and the marchers brought voting rights to the attention of the nation.

Dr. King e seus companheiros da Southern Christian Leadership Conference estava determinados a estabelecer a justiça apesar da violência que se repetia vinda dos vigilantes brancos e do próprio Estado. Eles estavam se levantando contra os fatos e fizeram uma marcha de 300 km escoltados pela Guarda Nacional. (Nota do tradutor, aqui no Brasil também copiaram esta esquisitice de “guarda nacional”, somente copiam o que há de pior dos americanos.)

Dr. King and members of the Southern Christian Leadership Conference were determined to see justice prevail, despite recurring acts of violence perpetrated by white vigilantes and the state itself. They were up against long odds — nevertheless, they made the 54-mile trek, all the while being escorted by the National Guard.

E apesar de que a lei 1964 Civil Rights Act havia entrado em vigor no ano anterior, estados como o Alabama estavam se recusando a segur a lei. Os cidadãos negros continuavam a sofrer sob o sistema brutal de Jim Crow tendo dificuldades para acessar os locais de votação e restrições significativas de acesso ao que fosse público.

Despite the fact that the 1964 Civil Rights Act had only passed the year before, states like Alabama were refusing to follow the law. Black citizens continued to suffer under a brutal Jim Crow system, including having scarce access to the ballot box to essentially no public accommodations.

Mas eles persistiram se recusando a aceitar o que estava estabelecido. Em particular eles entendiam que o direito sagrado ao voto era essencial para a mesma sobrevivência como de resto da preciosa democracia. Porque se todos não tiverem acesso aos locais de voto então se tratataria duma democracia apenas nominal.

However, they persisted, refusing to back down despite the daunting odds. If anything, they leaned in harder, understanding that the sacred right to vote was critical to their own survival — as well as to our precious democracy. After all, without everyone enjoying equal and unfettered access to the ballot box, ours is a democracy in name only.

Four Directions tem o orgulho de se encontrar na linha de frente da luta pelo igualdade de direitos ao voto para todos Os Primeiros Povos em toda a nação americana. Quem nos inspira e nos leva à ação são os verdadeiros lutadores como Dr. King e antigo Deputado John Lewis, os herois que deixaram derramar os seus sangues para expandir o direito ao voto.

Four Directions is proud to be at the forefront of the fight for equal voting rights for all Native Americans across the United States. We are motivated, inspired and compelled to action by true freedom fighters like Dr. King and the late Congressman John Lewis, heroes who shed blood to expand access to the voting booth.

O direito ao voto é sagrado e fundamental para a nossa democracia e é esta a razão pela qual nós iremos enfrentar com vigor a injusta supressão dos votos. Já vencemos o que as imposições nos estados North Dakota, Arizona, em outros locais e voltaremos a vencer novamente, as dificuldades são muito grandes para que possamos aceitar qualquer por menor.

The right to vote is a sacred and fundamental part of our democracy, which is the reason we’re going to give this fight against unjust voter suppression everything we’ve got. We’ve beaten the odds before — in North Dakota, Arizona, and elsewhere — and we will again! The stakes are just too high right now to accept anything less.

No momento se prepara uma onde fortíssima para assaltar o direito ao voto. Desde novembro último em que tivemos um recorde eleitoral revertendo as eleições, nos estados como Arizona, Georgia, North Carolina e muitos outros estão sendo desenvolvidas tácticas para tornar mais difícil o voto para Os Primeiros Povos e para o povo de cor.

Right now, we’re facing an all out assault on the right to vote. Since last November — a record turnout election — states like Arizona, Georgia, North Carolina, and many others are moving to make it harder for Native Americans, and people of color, to exercise their right to vote.

Um número imenso de leis dirigidas para a supressão do voto vem sendo introduzida pelo america toda numa forma que se assemelha a era de Jim Crow. Se não nos levantarmos agora de maneira forte, nossa democracia ficará seriamente comprometida.

A record number of voter suppression bills have recently been introduced all over the country, a situation which sadly mirrors the Jim Crow era. If we don’t take forceful action now, our democracy could be in serious trouble.

E é por isto que o projeto de lei como H.R. 1 o For the People Act é de suma importância. Mas quando ele for aprovado a nossa vigilância tem que ser mantida. É o exemplo da ação de Dr. King com seu movimento pelos direitos civil e do voto que continua até os dias de hoje, é uma tocha que temos que continuar carregando com todo o orgulho.

That’s why legislation like H.R. 1 — the For the People Act — is absolutely essential. But even when it passes, we must remain vigilant. Dr. King helped spark a movement for civil and voting rights in this country that lasts to this day, a torch we must continue to proudly carry going forward.

Levar a frente com sucesso este legado é nossa responsabilidade. Eu estou satisfeito de tê-lo conosco nesta luta.

The successful continuation of this legacy, is OUR shared responsibility. I’m truly glad that you’re with us in this struggle.

Obrigado

Thank you,

OJ Semans

Havia alguma esperança com Biden, mas o negócio chamado guerra continua

A justificativa foi um ataque feriu soldados americanos, que estavam no lugar errado e no momento errado, poque o lugar dos soldados americanos é no solo americano, então a justificativa é falsa. Mas é verdadeiro que os abutres que vivem da guerra ganharam com o ataque porque, pelo menos, foi gasto o chamado material de guerra e portanto os USA vão ter que repor o material assim ganham os abutres. E se esperava que um novo presidente americano, eleito num formidável movimento popular que derrubou o tirano baby trump, chegasse no governo para começar uma nova era. Engano, continua os abutres que vivem por trás da máquina de guerra a ganhar dinheiro com o sangue da população que sobrevive nos “cenários” de guerra. Falhou o sonho duma grande America que continua pequena, agressiva, possessiva, submissa à feroz máquina de guerra. Pelo menos 22 seres humanos foram mortos, quantas crianças? Pelo menos 22 seres humanos foram mortos, quantas mães? Pelo menos 22 seres humanos foram mortos, 22 sonhos de vida que se perderam na mira dos abutres que se alimentam do sangue nos “cenários” de guerra!

In retaliation for rocket attacks that wounded U.S. military members, President Biden ordered airstrikes last week that killed at least 22 people and wounded more. He failed to get Congressional approval before taking military action, which is unacceptable.

Depois da chamada segunda guerra mundial que continha no seu bojo o Holocausto, e que viu o crime de duas cidades japonesas serem dizimadas, mesmo que o comandante americano no Pacífico, o general Dwight David “Ike” Eisenhower, ter respondido à consulta que Truman lhe fez sobre a “validade” de jogar a bomba sobre o Japão, cuja resposta foi “não é necessário, em no máximo dois meses o conflito estará encerrado”, Truman, como presidente dos USA arrasou Hiroshima e dias depois arrasou Nagasaki. Mas o abutres que sobrevivem das guerras precisavam que o projeto Manhatan fosse seguido e que as bombas fossem experimentadas. E Biden segue o script que lhe passam os abutres das guerras. Cabe nos o trabalho de convencer os americanos que é injusto para a Humanidade que os abutres das guerras sigam dando ordens ao presidente americano.

Aliás, alguém já disse que se o sangue das crianças pudesse ser convertido rapidamente em petróleo, em vez de guerras os abutres das guerras estariam raptando as crianças, em vez de matá-las, para lhes chupar todo o sangue e transformá-lo em petróleo. A guerra é um negócio em que uns poucos ganham muitíssimo e todos nós perdemos muito, inclusive muitas crianças e mães perdem a vida!

This act is just e latest in an ever-expanding, global conflict based in the Middle East, which has killed countless civilians, militarized our society, and fed xenophobia and hate worldwide. So we’re joining our allies at Common Defense, a progressive veterans’ organization, to call on President Biden to end the cycle of violence.

Sign now to demand President Biden use his power as Commander in Chief to review all military deployments around the world, bring our troops home as responsibly and quickly as possible, and finally bring the decades-long Forever War to an end.

Assine pedindo que o presidente Biden use o seu poder como Comandante em Chefe faça uma revisão de todo o desenvolvimento militar americano ao redor do Mundo, leve as tropas de volta para casa, da maneira mais responsável e rápida possível e, finalmente, leve o programa de guerras para sempre ao seu final.