Nel cuore della notte la sonata della rottura delle pietre. Da votorantim

quinta, 17 de junho de 2021


Hoje no começo da noite, quinta, 17 de junho de 2021, 05:10, eu estava num sono reparador frente ao genocídio, uma brisa agradável entrava pela janela quando a Sinfonia das Pedras Quebradas com que Votorantim frequentemente nos brinda, entrou no ar. Fechei a janela, perdi o direito a respirar um ar fresquinho, coloquei um travesseiro sobre as orelhas, me virei e felizmente dormi novamente.

A Votorantim nos incomoda todos os dias de noite, sem exceção, eu nem sempre escuto ou presto atenção, mas hoje de madrugada estava muito forte o ruído e me acordou, o que é injusto. É o horário do silêncio noturno e a Votorantim não está acima da lei. 

Talvez, desta vez, a  Sinfonia das Pedras Quebradas perdure pelo resto da madrugada e me acorde várias vezes incomodado com o ruído que criminosa Votorantim faz noite a dentro. Como está fazendo hoje, a Votorantim faz sempre, e pode perturbar com barulho a noite toda. 

Mas é CRIME e a prefeitura de Sobral é cúmplice deste crime! É um crime e um terrível mau gosto, pois tem música melhor para brindar quem estiver dormindo nas madrugadas. 

E a Prefeitura de Sobral é leão para cima de nós cidadãos, mas é tchuchuca com a Votorantim, e eu lhes digo por quê. No ano passado, 2020, a Prefeitura me cobrou o IPTU de 2017 que eu não havia pago. Eu verifiquei os meus papeis e de fato, faltava-me o comprovante deste pagamento. Eu vivo em Sobral a 20 anos e nunca deixei de pagar o IPTU e nem mesmo fiquei atrasado no pagamento. Entrei em contato com a Secretaria de Finanças do Município pedindo que retirassem as multas e os juros e justifiquei, certamente foi erro da Prefeitura que não me fez chegar à casa o carnet de pagamentos, como nos demais anos, 2018, 2019, 2020 e os anteriores a 2017, todos. Não teve jeito, tive que pagar os juros. A prefeitura se recusou a retirar os juros apesar de que eu tenha mostrado que provavelmente, não posso ter certeza, pela minha história, deve ter havido um erro na cobrança de 2017. Mas a Votorantim, de quem eu reclamo seguidamente e a prefeitura recebe cópia de minhas reclamações, pode seguir poluindo o ar de Sobral IMPUNEMENTE. Poluindo o ar com pó de cimento e com o barulho da moenda de pedras. Com a Votorantim, a prefeitura é tchuchuca, comigo é leão. 

E hoje, quinta, 17 de junho de 2021, 05:10, foi mais um dia em que o crime foi cometido, claro, que eu percebi, estava muito forte o ruído. 

É injusto que a Votorantim possa fazer conosco aquilo que ela queira, nos incomodar dentro do horário do sono de muitos de nós, lançar para o alto a poeira que emporcalha as nossas casas, e os nossos pulmões. É injusto que aqueles que lucram e exploram o meio ambiente, possam também fazer o mal impunemente a toda uma população.

E somos todos que os alvejados pelo lixo que a Votorantim joga para cima, quem pensa que se livra da sujeira porque usa ar condicionado, se engana. O ar condicionado, que eu deixei de usar por causa da Votorantim, filtra mas deixa passar o que há de pior que as micropartículas, exatamente estas partículas contra as quais as nossas defesas orgânicas, a defesa natural dos pulmões, têm menos possibilidades de detectar e jogar fora. 

A Votorantim está matando a população de Sobral e a prefeitura se omite na verificação desta denuncia que eu repito frequentemente.

Há cerca de 15 anos que luto contra a sujeira que a Fábrica de Cimento da Votorantim faz em Sobral.  Mas já faz algum tempo que parei de gritar porque algumas pessoas chegaram a me chamar de Dom Quixote, o personagem de Cervantes. Eu estaria atacando moinhos de vento então parei um pouco de lutar. Mas desde  quinta-feira, dia 31 de outubro de 2019, por volta de 3:30 horas da madrugada, acordei-me com um forte barulho, da fábrica moendo pedras decidi-me a retomar a luta.  A moagem durou cerca de meia hora e estava agindo em desrespeito a lei do silêncio, registrei o ruído apontando com o celular na direção da fábrica e alterando a direção quando observa que a intensidade do ruído diminuía numa comprovação de que o barulho vinha de fato da fábrica.

A Fábrica resolveu colocar a Sinfonia das Pedras Quebradas no ar, nas madrugadas. A primeira que vez que observei foi no dia 31 de outubro de 2019 por volta de 3:30 horas da madrugada. No dia 13 de novembro de 2019,mas agora em outro horário, porque a Votorantim é esperta, sempre muda os  horários em que ela nos ataca, sempre espera nos pegar desprevenidos, no dia 13 de novembro foi 01:18, é, no começo da madrugada que ela veio nos atacar com a Sinfonia das Pedras Quebrando.

Eu vivo a cerca de 500 metros da Fábrica de Cimento da Votorantim, em Sobral e desde 2007 que vivia postando informações sobre a sujeira que fábrica lança no ar. 

Consegui uma pequena vitória, a Fábrica deixou de jogar sujeitas ostensivamente durante o dia, e montou um filtro em cima da estrutura, mas durante a noite, sem podermos fotografar, ela deve usar processamento reverso e limpar o filtro no ar porque continuamos tendo um ar com uma grande quantidade de cimento.

Era bom que o prefeito de Sobral se lembrasse que ele também tem pulmão e que a poeira de cimento fica pairando no ar entra em toda parte, mesmo nos aparelhos de ar condicionado de quem mora um pouco mais longe, foi por isto que eu deixei de usar aparelho de ar condicionado há muito tempo porque eu tive um que ficou destruído pela poeira da Votorantim e cheguei à conclusão que fico menos atingido se não forçar a ventilação para dentro de casa, vai filtrar a parte mais grossa e deixar entrar a parte pior, a mais fina.

E o ruído da sinfonia das pedras quebrando!

Mais outro episódio da sinfonia das pedras quebrando pelos maestros da Votorantim
https://tarcisio.wordpress.com/2020/11/23/mais-outro-episodio-da-sinfonia-das-pedras-quebrando-pelos-maestros-da-votorantim/


https://tarcisio.wordpress.com/2020/12/04/outro-episodio-da-sinfonia-das-pedras-quebrando-pela-votorantim/

Outro episódio da Sinfonia das Pedras Quebrando pela Votorantim


https://tarcisio.wordpress.com/2020/12/04/outro-episodio-da-sinfonia-das-pedras-quebrando-pela-votorantim/


segunda-feira, 23 de março , novo episódio da Sinfonia das Pedras Quebrando pela Votorantim

segunda-feira, 23 de março , novo episódio da Sinfonia das Pedras Quebrando pela Votorantim

https://tarcisio.wordpress.com/2021/01/20/quarta-feira-20-de-janeiro-novo-episodio-da-sinfonia-das-pedras-quebrando-pela-votorantim/

O desastre na desastrada motorcada do psicopata

Tem 12 anos, comparando com o último João, que fazia besteiras semelhantes
as porcarias que o psicopata faz. Era um pouco melhor, o último joão,
pelo menos disse uma última grosseria a algum repórter que bateu à
porta do sítio onde ele foi se esconder quando pediu “me esqueçam”!
Não será esquecido, ainda precisa ser julgado mesmo depois de morto!

No sábado o psicopata gastou um milhão e meio de dinheiro público com
uma brincadeira, com uma desastrada passeata de motos.

No meio do caminho os grotescos acompanhantes do psicopata se enrolaram
uns com os outros e promoveram um acidente. E quem salvou os desastrados
foi o SUS e o seu importante braço o SAMU, o Socorro de Urgência, dois serviços
públicos que os ladrões da lista da Forbes pretendem engolir.

O comportamento do psicopata é duma criança de 12 anos já declarou um
psicólogo e é insuportável que o Brasil esteja nas mãos dum pré adolescente
que promove desastres, desobedece as regras, gasta dinheiro de forma
irresponsável, enfim se comporta como se o “poder” de presidente da
República fosse um brinquedinho em suas mãos.

O psicopata é apenas uma marionete nas mãos dos ladrões da lista da Forbes,
e ainda se mantém no poder porque os grandes meliantes que deram o
golpe para abocanhar as riquezas do Brasil ainda não levaram tudo
como planejaram. Ainda lhes falta engolir a Eletrobras, o Banco do
Brasil, a Caixa Econômica Federal, esta uma galinha dos ovos de ouro
porque maneja a famigerada loteria, a Petrobras, os rios, os mares,
a Floresta Amazônica e o ar que respiramos.

Enquanto os ladrões da lista da Forbes, não conseguirem engolir todas
as nossas riquezas, irão manter o psicopata fazendo desastres e outras
bobagens para ocupar a imprensa-lixo enganando a população com os
distúrbios do psicopata, como entrar em aviões no páteo de aeroportos,
uma violação flagrante da segurança dos aeroportos, mas que o psicopata
entende que é apenas um brinquedo ao alcance de suas mãos.

O egoismo absurdo dos ladrões da lista da Forbes é imenso. Já possuem
uma montanha de dinheiro que não conseguirão gastar pelo resto de suas
pequenas vidas e não vão poder levar a grana no caixão quando se forem
para o inferno. Mas para acrescentar mais dinheiro em suas sacolas
são capazes de infernizar as nossas vidas mantendo este psicopata
retardado mental fazendo asneiras e gastando dinheiro de forma criminosa
frente aos milhões de brasileiros que não têm o que comer e são
obrigados a ver a TV-lixo mostrando as ações bregues do psicopata
retardado mental.

O STF é cúmplice deste desastre e do genocídio que o acompanha. Foi
cúmplice do golpe que derrubou a Dilma, não se envergonhou quando o
traidor de codinome Caju falou em alto em bom som que era “com STF e
com tudo”. Caju já estava ofendendo publicamente o STF que depois foi
seguidamente e continua sendo ofendido publicamente porque perdeu
toda a vergonha, se é que tinha alguma. Quando o psicopata e seus
rebentos ameaçaram de que para acabar com o STF não precisava mais do
que um cabo e um soldado, o STF acabou de enterrar na lama. Recentemente
o STF levantou um pouco a cabeça, mas apenas um pouco. Depois que o
Mundo inteiro berrou que o caso Lula era uma vergonha, os “ministros”
não suportaram mais as evidências e eliminaram parte do golpe que
foram os processos contra Lula. Mas seguem deixando que o psicopata
e retardado mental siga destruindo o Brasil, as Instituições brasileiras,
a democracia, a nossa economia a um ponto que talvez seja difícil de
se reconstruir o Brasil. Se os processos contra Lula, que tinham como
único objetivo retirar o candidato vencedor da corrida eleitoral, o
que configurou uma etapa do golpe, foi reconhecido como um erro, porque
não pegam a senda lógica que é anular todos as etapas do golpe que
foram consequência deste erro? Ou o Caju tem razão, o STF é uma
sinistra parte do golpe, os ministros são apenas capachos dos
ladrões da lista da Forbes?

STF pode INTERDITAR o psicopata. Qualquer psicólogo, usando a Hare
checklist, pode dar ao Tribunal uma declaração judicial de que o bunda suja é
um psicopata incapacitado mesmo para ser motorista de caminhão e
portanto, muito menos capacitado para dirigir o Alvorada.

Nem vou me referir aos miseráveis milicos que nos assolam, eles não
passam de claros capachos dos ladrões da lista da Forbes perseguindo
que se lhes mantenham os privilégios abusivos que têm. Deixo de lado
estes pobres coitados que tem no psicopata retardado mental um
modelo a seguir como ficou demonstrado com o escandaloso caso do
pançudo general e a ridícula decisão de declarar como sigilo a
reunião de escoteiros chefes.

Mas fiquem certos, os ditadores caem, todos caíram até hoje. Caem os
ditadores e seus cúmplices e em alguns casos, nem todos, mas em alguns
casos eles serão julgados severamente. Pinochet morreu preso num
apartamento enquanto que a “justiça” chilena enrolava o processo
deixando que o caso entrasse no esquecimento que os chilenos não
deixaram esquecer, mas Pinochet morreu em prisão domiciliar sem
passar pelo julgamento que merecia e receber a pena severa que
deveria ter recebido pelos múltiplos crimes cometidos contra o
povo chileno e com a própria pátria dos chilenos. Este é um caso
mais recente, mas podem correr atrás dos outros ditadores todos
e não vou ferir os olhos de quem me leia repassando os nomes destes
miseráveis para os quais a História reserva um espaço lúgubre, uma
espécie de limbo, para seres nojentos que passam pelo horizonte
de nossas vidas.

Pagarão com certeza. Pagarão todos, pagarão os ladrões da lista da Forbes
assim como todos os seus cúmplices, e eu espero viver o suficiente
para respirar aliviado quando eles forem forçados a se sentarem
num grande, num enorme banco dos réus. Haverá neste banco de
réus espaço para os traidores que já morreram como o último joão.

Pagarão com certeza!

Exercícios de revisão da integral e da derivada.

Eu estou num projeto que está se alongando muito mas que espero que venha a ser concluído, que é reescrever os livros de Cálculo que eu escrevi, um deles na companhia dum colega de Maringá, mas reformulando muito coisa e penso que produzindo um livro de Cálculo agradável.

Não é que os livros de Cálculo sejam desagradáveis, alguns até o são, mas é possível inverter certos processos e eu estou apostando nisto. Por exemplo, a continuidade é uma das travas dos cursos de Cálculo e foi objeto do chamado Cálculo de Harvard que recebeu muitas críticas pela sua tentativa. Eu acho que encontrei uma forma para contornar este problema sem fazer com que a continuidade desaparecesse do texto.

No processo de construção do livro, eu estou usando como fio condutor as listas de exercícios porque elas testam a organização da teoria. Estou usando a minha página de ensino de Cálculo na Universidade Estadual Vale do Acaraú e nela inserindo as listas de exercícios que ficam dentro deste novo projeto. E é um projeto novo!

Agora construí uma lista recente, e vou intensificar a produções destas listas dentro da perspectiva de que elas me ajudem na formulação da teoria. As listas de exercícios se tornam o objetivo da teoria.

Ofereço a lista mais recente . Eu vi agora que cometi um erro de organização na página, este link deveria estar n’outra posição de modo que fosse acessível a quem chegasse na página de Cálculo.

Corrigido! Mas também deixei ativo o link acima para quem chegar na página através desta nota.

As soma de Riemann são um processo de aproximação das integrais. Elas são longe de ser uma forma otimizada de fazer esta aproximação mas são elas a única forma de conseguir obter o valor exato da integral dos polinômios.
Esta imagem foi feita à mão, usando o xfig que é um editor de imagens e eu espero que ela retrate bem o que é uma soma de Riemann

Sejam bem-vind@s ao meu projeto.

Tarcisio Praciano-Pereira