Genocídio dos Primeiros Povos

Depois do golpe de 2016 com STF e com tudo, seguimos por uma série de golpes
que mancharam as eleições de 2018 conduzindo um miliciano perigoso e
criminoso ao Palácio da Alvorada. Ele está lá para atender aos que
financiaram e incentivaram todos os golpes de 2016 para cá, os
Ladrões da Lista da Forbes que já lucraram imensamente com o golpe
enquanto que todos nós estamos sofrendo com os roubos, com a corrupção
da gangue que DesGoverna o Brasil.


Em muito particular os Primeiros Povos, guardiões das Florestas
estão na mira dos golpistas que não suportam a ideia de que eles, os
Primeiros Povos, são donos de todas as terras da Pindorama onde eles
já estavam aqui quando os invasores europeus chegaram. Os golpistas,
como herdeiros dos invasores europeus, sempre tentaram demarcar ou
até mesmo, eliminar qualquer demarcação das terras dos Primeiros Povos
e agora apostam no genocídio final dos Primeiros Povos. Injustiça e crime.


Um erro comum é ver os Primeiros Povos como “primitivos” e atrasados e a
primeira parte deste erro consiste num desrespeito à natureza de outrem.
Eles têm a sua própria cultura e nem os invasores e muito menos os que
vieram depois dos invasores, tem qualquer direito a discutir a cultura
e modo de vida dos Primeiros Povos.

O segundo erro consiste em qualificar
como “primitiva”, como sinônimo de “atrasado” a forma de viver altamente
eficiente que eles tem para conviver, explorar sem degradar o meio ambiente
em que eles vivem.

Fora do espaço em que vivem os Primeiros Povos, onde
vivem os “desenvolvidos”, nós que sucedemos aos invasores, vemos que
degradação do meio ambiente cresce e acontece a cada dia portanto,
não são os Primeiros Povos que são os atrasados e sim nós os “desenvolvidos”
que o somos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.