Mais um episódio da sinfonia das pedras quebrando pelo maestro Votorantim

Não se trata bem dum maestro e sim duma fábrica criminosa e de autoridades que são leão para conosco mas chuchucas para com a Votoratim.

Sim, eu deixei de pagar o IPTU em 2017, não por minha vontade, como tentei argumentar com a Prefeitura de Sobral, e mostrei-lhes, eu vivo em Sobral desde 1999 e a única falha foi esta de 2017. Argumentei que possivelmente o carnet não havia chegado às minhas mãos. Mas não houve jeito, tive que pagar com juros. É a prefeitura é um leão para cima de nós mas é chuchuca com a Votorantim que suja o meio ambiente, suja com poeira e com barulho. E o barulho e a poeira fazem mal a todos nós até mesmo aos filhos do prefeito quando eles estiverem aqui de passeio.

Hoje de madrugada, terça-fera, 05 de janeiro de 2021, 05 horas e cinco minutos, eu estava num sono ótimo e uma brisa agradável entrava pela janela quando a Sinfonia das Pedras Quebradas com que Votorantim frequentemente nos brinda, entrou no ar. Fechei a janela, perdi o direito a respirar um ar fresquinho, coloquei um travesseiro sobre as orelhas, me virei e felizmente dormi novamente. 

Mas é CRIME e a prefeitura de Sobral é cúmplice deste crime! É um crime e um terrível mau gosto, pois tem música melhor para brindar quem estiver dormindo nas madrugadas.
E hoje, terça-feira, 05 de janeiro de 2021, foi mais um dia em que o crime foi cometido.  
 
No dia 21 de novembro de 2020, também. um sábado em que eu esperava dormir um pouco mais, fui acordado de supetão por nova edição da Sinfonia de Pedras da Votorantim, 05:38 da minha madrugada do sábado, dia 21 de novembro. 
 

É injusto que a Votorantim possa fazer conosco aquilo que ela queira, nos incomodar dentro do horário do sono de muitos de nós, lançar para o alto a poeira que emporcalha as nossas casa, e os nossos pulmões. É injusto que aqueles que lucram e exploram o meio ambiente, possam também fazer o mal impunemente a toda uma população. 
 

E somos todos que os alvejados pelo lixo que a Votorantim joga para cima, quem pensa que se livra da sujeira porque usa ar condicionado, se engana. O ar condicionado, que eu deixei de usar por causa da Votorantim, filtra mas deixa passar o que há de pior que as micropartículas, exatamente estas partículas contra as quais as nossas defesas orgânicas, a defesa natural dos pulmões, têm menos possibilidades de detectar e jogar fora.  
 
A Votorantim está matando a população de Sobral e a prefeitura se omite na verificação desta denuncia que eu repito frequentemente.  
 
Há cerca de 13 anos que luto contra a sujeira que a Fábrica de Cimento da Votorantim faz em Sobral.  Mas já faz algum tempo que parei de gritar porque algumas pessoas chegaram a me chamar de Dom Quixote, o personagem de Cervantes. Eu estaria atacando moinhos de vento então parei um pouco de lutar. Mas desde  sábado, dia 31 de outubro, por volta de 3:30 horas da madrugada, acordei-me com um forte barulho, da fábrica moendo pedras decidi-me a retomar a luta.  A moagem durou cerca de meia hora e estava agindo em desrespeito a lei do silêncio, registrei o ruído apontando com o celular na direção da fábrica e alterando a direção quando observa que a intensidade do ruído diminuía numa comprovação de que o barulho vinha de fato da fábrica. 

 
Mas agora a Fábrica resolveu colocar a Sinfonia das Pedras Quebradas no ar, nas madrugadas. A primeira que vez que observei foi no dia 31 de outubro, por volta de 3:30 horas da madrugada. No dia 13 de novembro,mas agora em outro horário, porque a Votorantim é esperta, sempre muda os  horários em que ela nos ataca,  sempre espera nos pegar desprevenidos, no dia 13 de novembro foi 01:18, é, no começo da madrugada que ela vei nos atacar com a Sinfonia das Pedras Quebrando. 
 
Eu vivo a cerca de 500 metros da Fábrica de Cimento da Votorantim, em Sobral e desde 2007 que vivia postando informações sobre a sujeira que fábrica lança no ar.  Consegui uma pequena vitória, a Fábrica deixou de jogar sujeitas ostensivamente durante o dia, e montou um filtro em cima da estrutura, mas durante a noite, sem que possamos fotografar, ela deve usar processamento reverso e limpar o filtro no ar porque continuamos tendo um ar com uma grande quantidade de cimento. 
 
Era bom que o prefeito de Sobral se lembrasse que ele também tem pulmão e que a poeira de cimento fica pairando no ar e entra em toda parte, mesmo nos aparelhos de ar condicionado, coisa que eu não uso há muito tempo porque eu tive um que ficou destruído pela poeira da Votorantim e cheguei à conclusão que fico menos atingido se não forçar a ventilação para dentro de casa. 

E o ruído da sinfonia das pedras quebrando! Não tem que possa dormir com um barulho destes!

Mais outro episódio da sinfonia das pedras quebrando pelos maestros da Votorantim

No dia 21 de novembro, há dois dias, um sábado em que eu esperava dormir um pouco mais, fui acordado de supetão por nova edição da Sinfonia de Pedras da Votorantim, 05:38 da minha madrugada do sábado, dia 21 de novembro.

até parece uma bela imagem, lembra-me uma árvore de Natal, no cento o caule, enfeitado, ao redor uma nuvem de presentes, a poeira mortífera da Votorantim se espalhando por Sobral.

É injusto que a Votorantim possa fazer conosco aquilo que ela queira, nos incomodar dentro do horário do sono de muitos de nós, lançar para o alto a poeira que emporcalha as nossas casa, e os nossos pulmões. É injusto que aqueles que lucram e exploram o meio ambiente, possam também fazer o mal impunemente a toda uma população.

E somos todos que os alvejados pelo lixo que a Votorantim joga para cima, quem pensa que se livra da sujeira porque usa ar condicionado, se engana. O ar condicionado, que eu deixei de usar por causa da Votorantim, filtra mas deixa passar o que há de pior que as micropartículas, exatamente estas partículas contra as quais as nossas defesas orgânicas, a defesa natural dos pulmões, têm menos possibilidades de detectar e jogar fora.

A Votorantim está matando a população de Sobral e a prefeitura se omite na verificação desta denuncia que eu repito frequentemente.

Há cerca de 13 anos que luto contra a sujeira que a Fábrica de Cimento da Votorantim faz em Sobral. Mas já faz algum tempo que parei de gritar porque algumas pessoas chegaram a me chamar de Dom Quixote, o personagem de Cervantes. Eu estaria atacando moinhos de vento então parei de lutar. Mas ontem, sábado, dia 31 de outubro, por volta de 3:30 horas da madrugada, acordei-me com um forte barulho, da fábrica moendo pedras. A moagem durou cerca de meia hora e estava agindo em desrespeito a lei do silêncio, registrei o ruído apontando com o celular na direção da fábrica e alterando a direção quando observa que a intensidade do ruído diminuía numa comprovação de que o barulho vinha de fato da fábrica.

Mas agora a Fábrica resolveu colocar a sinfonia das pedras quebradas no ar, nas madrugadas. A primeira que
vez que observei foi no dia 31 de outubro, por volta de 3:30 horas da madrugada. No dia 13 de novembro,
mas agora em outro horário, porque a Votorantim é esperta, sempre muda os horários em que ela nos ataca,
sempre espera nos pegar desprevenidos, agora, no dia 13 de novembro foi 01:18, é, no começo da madrugada
que ela vei nos atacar com a sinfonia das pedras quebrando.

O mais recente episódio da Sinfonia da Pedras que pude observar, foi no dia 21 de novembro, há dois dias, um sábado em que eu esperava dormir um pouco mais, fui acordado de supetão por nova edição da Sinfonia de Pedras da Votorantim, 05:38 da minha madrugada do sábado, dia 21 de novembro.

Eu vivo a cerca de 500 metros da Fábrica de Cimento da Votorantim, em Sobral e desde 2007 que vivia postando informações sobre a sujeira que fábrica lança no ar.

Consegui uma pequena vitória, a Fábrica deixou de jogar sujeitas ostensivamente durante o dia, e montou um filtro em cima da estrutura, mas durante a noite, sem que possamos fotografar, ela deve usar processamento reverso e limpar o filtro no ar porque continuamos tendo um ar com uma grande quantidade de cimento.

Era bom que o prefeito de Sobral se lembrasse que ele também tem pulmão e que a poeira de cimento fica pairando no ar e entra em toda parte, mesmo nos aparelhos de ar condicionado, coisa que eu não uso há muito tempo porque eu tive um acabado pela poeira da Votorantim e cheguei à conclusão que fico menos atingido se
não forçar a ventilação para dentro de casa.

E o ruído da sinfonia das pedras quebrando!

fábrica de Cimento Votorantim de Sobral volta a atacar

Quarta-feira, 11 de julho de 2018, fábrica de Cimento Votorantim de Sobral volta a atacar

Tarcisio Praciano Pereira

No dia 11 de julho de 2018, 02:22, na madrugada, covardemente, a Fábrica de cimento da Votorantim, em Sobral voltou a atacar os pulmões dos habitantes da cidade de Sobral jogando espessa fumaça, em quantidade muito grande que o vento ajudava a espalhar sobre parte da cidade.

Como sempre as autoridades municipais assim como as autoridades estaduais do meio ambiente tem conhecimento claro deste atentado à saúde da população. É preciso não se esquecer dito nas eleições vindouras. Nós elegemos os administradores com a esperança de que eles estejam do nosso lado em defesa da nossa saúde e do nosso bem estar o que está longe de acontecer no tocante à Fábrica de cimento da Votorantim em Sobral.

Repetindo:

1. Quando: Quarta-feira, 11 de julho de 2018.
2. Em que hora: 02:22 quando fiz a observação e não sei por quanto tempo durou o ataque.
3. Onde: em Sobral na zona norte do Estado do Ceará
4. Quem: quem nos ataca é a Fábrica de cimento da Votorantim em Sobral
5. O que? Uma fumaça espessa, em grande quantidade jogada pela chaminé se espalhando sobre a cidade na madrugada, quando as sobralenses estão dormindo. Covardia!
6. Quem permite: o governo municipal de Sobral, e a secretaria de meio ambiente do Estado do Ceará

Os riscos da poluição

Uxbridge, Canada – A poluição, e não as doenças endêmicas comuns, é o maior fator de mortandade no mundo. A poluição já é responsável pela morte de 8.4 milhões de pessoas cada ano, é o que mostra uma nova análise. Desta forma a poluição mata três vezes mais do a malária e 14 vezes mais do do HIV/AID. Apesar disto a poluição recebe uma fração despresível do interesse geral da comunidade global. Passe uma folha de papel, uma toalha de papel, branca, leve húmida em qualquer móvel de sua casa e você pode ver, instantaneamente, o efeito maléfico da Fábrica de Cimento Votorantim de Sobral sobre os seus pulmões.

http://truth-out.org/news/item/24363-in-developing-world-pollution-kills-more-than-disease

fábrica de Cimento, Cimento Votorantim, Sobral, autoridades municipais, autoridades estaduais do meio ambiente, não esquecer disto nas eleições,


http://wp.me/psvm-1YD

As fotos são antigas, de 2005, e foram tomadas durante o dia quando a Vototorantim tem mais cuidado e joga porcaria de leve sobre a cidade para não permitir o registro fotográfico, mas o problema é o mesmo, há 11 anos, a Fábrica de cimento da Votorantim, em Sobral, covardemente, nas madrugadas, lança poluição pelas chaminés quando a população à volta está dormindo.
Mas a secretaria de meio ambiente, se quisesse, poderia verificar horário, quantidade de lixo emitido, tipo de lixo, com uma simples visita técnica de inspecção estimulada pela presente denúncia.